Publicidade

Correio Braziliense

John Legend ganha um Emmy e entra para o time de maiores vencedores de Hollywood

Cantor se junta ao restrito clube dos EGOT, que tem nomes como Robert Lopez, Audrey Hepburn, Mel Brooks, Rita Moreno, Mike Nichols e Whoopi Goldberg


postado em 10/09/2018 11:20 / atualizado em 10/09/2018 11:29

(foto: Ethan Miller/Getty Images/AFP)
(foto: Ethan Miller/Getty Images/AFP)

A versão da NBC para o musical Jesus Christ superstar venceu um prêmio Emmy no domingo (9/9) e deixou três homens mais felizes ainda: John Legend, o compositor Andrew Lloyd Webber e o letrista Tim Rice se juntaram ao time EGOT (artistas que já ganharam os quatro prêmios mais importantes do show biz americano, o Emmy, o Grammy, o Oscar e o Tony).

A peça ganhou na categoria melhor especial de variedades ao vivo. A 70ª cerimônia anual do Primetime Creative Arts Emmy foi realizada em duas noites no fim de semana, nos dias 8 e 9 de setembro.

John Legend já ganhou 10 prêmios Grammy e em 2015 levou o Oscar pela canção Glory, no filme Selma. No ano passado, ele venceu um Tony como coprodutor da peça Jitney.

O trio agora se junta ao restrito clube dos EGOT, que tem nomes como Robert Lopez, Audrey Hepburn, Mel Brooks, Rita Moreno, Mike Nichols e Whoopi Goldberg.

Os Creative Arts são realizados em conjunção com os Emmy tradicionais, e são apresentados em reconhecimento de questões técnicas e outros aspectos da programação de tevê, incluindo os atores convidados. A cerimônia de entrega dos Emmy será realizada no dia 17 de setembro.

Leia crítica sobre o musical publicada no blog Próximo Capítulo, do Correio Braziliense.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade