Publicidade

Correio Braziliense

Festival Internacional das Artes do Vídeo exibe 10 estreias nesta quarta

Os curtas selecionados foram feitos especialmente para o festival e fogem a convenções


postado em 12/09/2018 18:30 / atualizado em 12/09/2018 18:56

Evento reúne videoarte, visual music e animação de artistas (foto: Divulgação)
Evento reúne videoarte, visual music e animação de artistas (foto: Divulgação)

 
A Embaixada da França recebe nesta quarta-feira (12/9) 10 estreias mundiais para a primeira edição do Festival Internacional das Artes do Vídeo. São trabalhos de videoarte, visual music (música visual, em tradução livre) e animação de artistas de dez diferentes países em que som e imagem são protagonistas. 
 
Obras de dez países, entre os quais Brasil, Chile, França, Itália, México e Suécia, serão exibidas em sequência na sala de cinema do espaço, com bate-papo ao fim. Além das obras, o festival quer divulgar nova formas de se fazer arte.
 
Antenor Ferreira, professor do Departamento de Música da UnB (Universidade de Brasília), idealizou o projeto que ambiciona construir público e incentivar novos realizadores de “poéticas contemporâneas”, prezando pela variedade produções.  
 
Mais do que isso, o evento busca divulgar novas formas de se fazer arte e mostrar como o uso de novas tecnologias vem sendo explorado no mundo para composições audiovisuais. Ele conta que as abordagens reunidas no evento são distantes das convencionais e, por isso, não há muitas mostras que promovam esses tipos de trabalho no Brasil. 
 
Antenor convocou os artistas Santiago Echeverry, dos Estados Unidos, Alejandro Casales, do México, e Dave Payling, da Inglaterra, para compor a curadoria. A convite da organização do evento, os cineastas criaram obras especialmente para a ocasião.
 
“É uma possibilidade singular de o público tomar contato com o que tem sido produzido no campo da arte computacional nos grandes centros ao redor do planeta”, diz o idealizador por meio de nota. 
 
Depois da estreia de hoje, o objetivo será dar ao evento periodicidade bienal. “Por enquanto, minha missão foi cumprida, que era fazer a estreia mundial dessas 10 obras, de 10 diferentes países”, comemora.

Serviço:

Exibição International Video-Arts Festival
Cine Le Corbusier, Embaixada da França (Av. das Nações Quadra 801, lt 04). Quarta-feira (12/9), às 19h. Entrada franca (sujeito à lotação). Mais informações por meio do site do projeto. www.videoartes.org

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade