Publicidade

Correio Braziliense

Corpo de Franco Scornavacca, pai dos integrantes do KLB, é enterrado

O produtor morreu no último sábado (15/9) após uma parada cardíaca


postado em 17/09/2018 13:30 / atualizado em 17/09/2018 13:31

O músico, produtor e empresário Franco Scornavacca foi velado na Assembleia Legislativa de São Paulo e enterrado no cemitério Horto da Paz, em São Paulo. Ele morreu no sábado (15/9) por causa de uma parada cardíaca aos 70 anos.

Os filhos de Scornavacca, Kiko, Leandro e Bruno, estavam em Curitiba, no Paraná, quando souberam da notícia. Eles fariam uma apresentação do KLB na região e cancelaram o evento para retornar à capital paulista.

No perfil oficial no Instagram, Bruno lamentou a morte do pai. "Meu herói! Guerreiro. Virou um anjo! Foi pro lado do Pai. E o que fica é a saudade que está me matando. Amor infinito", escreveu na legenda da foto em que ele e o pai dão as mãos.

Kiko também não conteve a emoção e postou uma homenagem ao pai no perfil no Instagram e agradeceu as mensagens de carinho dos seguidores e amigos. "Talvez eu não consiga agradecer a cada gesto de amor, carinho e solidariedade com minha família! Meu pai entregou a vida a Cristo antes de adormecer e para quem crê, entende que hoje já está nos céus sem nenhum problema, enfermidade, saudade, dor", desabafou.

Além de agenciar a carreira dos filhos no início dos anos 2000, Scornavacca era empresário de cantores e grupos musicais. Impulsionou a trajetória dos sertanejos Zezé di Camargo e Luciano e Leandro e Leonardo. Também cuidou das carreiras de Lulu Santos e Roberta Miranda.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade