Publicidade

Correio Braziliense

Último dia de Mostra Competitiva do Festival destaca temática LGBT

A Mostra neste sábado no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro exibiu dois curtas e um longa


postado em 22/09/2018 22:11

Os filmes da noite de sábado do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro foram aplaudidos(foto: Mariah Aquino/CB/DA Press)
Os filmes da noite de sábado do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro foram aplaudidos (foto: Mariah Aquino/CB/DA Press)

 
A mostra competitiva do 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro terminou neste sábado (22/9). A sessão começou às 18h e exibiu os curtas Reforma, de Fábio Leal e BR3, de Bruno Ribeiro. O longa Bixa Travesty, de Claudia Priscilla e Kiko Goifman, foi o destaque da noite.

Toda a programação foi voltada à temática LGBT+. O público ovacionou, com muitos aplausos, todos os filmes, não só no começo mas também no fim de cada exibição da noite.

O curta pernambucano de ficção, Reforma, retratou relações homoafetivas entre homens. BR3, por sua vez, mostrou travestis na favela da Maré.

O longa estrelado pelas cantoras Linn da Quebrada e Jup do Bairro com participações musicais de Liniker, Raquel Virgínia e Assucena Assucena, da banda Bahias e a Cozinha Mineira, falou da trajetória da cantora Linn da Quebrada enquanto refletiu sobre questões acerca do corpo não-binário.

"A gente já tinha estreado em Berlim e em outros lugares", explicou Claudia Priscilla, diretora, em entrevista ao Correio. "Mas essa questão da travesti é muito latina, por isso a expectativa da estreia aqui."

"Foi fabuloso, estou até agora meio anestesiada", brincou Jup do Bairro. "O filme está entrando em muitos lugares, em lugares que nem sempre falam a nossa língua, mas mesmo assim é muito especial sentir a emoção do público", ressaltou a cantora Linn da Quebrada.
 
*Estagiária sob a supervisão de Vinicius Nader 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade