Publicidade

Correio Braziliense

Autora de 'The handmaid's tale' confirma continuação do livro para 2019

A produção mostrará Gillead 15 anos após o ocorrido no fim do primeiro livro


postado em 28/11/2018 18:08 / atualizado em 28/11/2018 18:09

História da canadense ganhou o mundo após série e reflexão sobre o machismo na sociedade contemporânea(foto: AFP / dpa / Arne Dedert - AFP / Jim WATSON)
História da canadense ganhou o mundo após série e reflexão sobre o machismo na sociedade contemporânea (foto: AFP / dpa / Arne Dedert - AFP / Jim WATSON)


Margaret Atwood, a autora do livro The handmaid's tale, anunciou, na terça-feira (27/11), que a obra terá uma continuação, e se chamará The testaments.

A canadense confirmou a notícia na conta oficial do Twitter, e ainda comunicou que o novo trabalho chegará as livrarias em 10 setembro de 2019.

“Eu estou escrevendo uma sequência de The handmaid's tale. The testaments contará a história de 15 anos após o fim do primeiro livro e será narrado pro três personagens femininas”, apontou Margaret.

Estrada de sucesso

The handmaid's tale foi lançado por Margaret ainda em 1985, mas ganhou o mundo logo após o lançamento da série homônima nos Estados Unidos em 2017, pelo streaming do Hulu.

No enredo, o público acompanha a difícil trajetória de June/Offred (Elisabeth Moss) para fugir de Gillead, uma parte dos Estados Unidos que sofreu um golpe de estado cristão e agora subjuga as minorias em prol de uma perfeição religiosa.

A inspiração da série sob o livro só ocorre na primeira temporada, pois no segundo ano, a produção televisiva constrói um caminho independente das ideias de Margaret. Desde a estreia em 1985, o livro já vendeu 8 milhões de cópias mundialmente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade