Publicidade

Correio Braziliense

Samamba Rock comemora 20 anos com programação internacional

Festival terá presença das bandas Master e Reactory


postado em 29/11/2018 06:30 / atualizado em 29/11/2018 09:14

A banda Azzarok ficou em primeiro lugar na preferência do público do festival(foto: Arquivo Pessoal)
A banda Azzarok ficou em primeiro lugar na preferência do público do festival (foto: Arquivo Pessoal)

 

Samambaia é mais uma das cidades do Distrito Federal que sustenta os próprios festivais e movimentos culturais. Desta vez, comemora os 20 anos de Samamba Rock, um tradicional festival musical.

Criado em 1998 por Paulo Atos, as festividades começaram por conta de uma inquietação do ativista cultural de morar em uma cidade que não se expressava pela arte.

“Eu e mais dois amigos tivemos a ideia de celebrar o aniversário da cidade, que se comemora em 25 de outubro. Foi aí que pensei em criar um festival com o nome Samamba Rock para homenagear a cidade. Já na edição de 1998, tivemos a participação de 12 bandas”, comenta o idealizador do evento.

O Samamba Rock cresceu e atende os anseios dos amantes do rock de todo o Brasil. Esta edição comemorativa tem como organizador Allan Stefano, responsável por trazer as novidades para o evento, que contou com o Fundo de Apoio à Cultura (FAC) pela primeira vez.

“Resolvemos fazer uma megafesta, com duas bandas internacionais e muito rock do Distrito Federal. A banda Master (Estados Unidos) e Reactory (Alemanha) estarão no evento. Também faremos uma exposição com motos modificadas e diferentes. E, pela primeira vez, teremos um diferencial na acessibilidade com intérpretes em libras”, revela o organizador.

O festival que recebeu grupos tradicionais do rock como Matanza, que se apresentou para mais de 7 mil pessoas, preza pela diversidade de bandas locais. A banda Azzarok, que ficou em primeiro lugar na votação popular para tocar no evento, está crescendo no cenário brasiliense.

“Foi um ano bastante positivo para o Azzarok. Lançamos dois álbuns simultaneamente em todas as plataformas digitais e um CD. Estamos motivados para a apresentação”, conta Matheus Eleto, vocalista da banda.
 
Samambaia é mais uma das cidades do Distrito Federal que sustenta os próprios festivais e movimentos culturais. Desta vez, comemora os 20 anos de Samamba Rock, um tradicional festival musical.

Criado em 1998 por Paulo Atos, as festividades começaram por conta de uma inquietação do ativista cultural de morar em uma cidade que não se expressava pela arte.

“Eu e mais dois amigos tivemos a ideia de celebrar o aniversário da cidade, que se comemora em 25 de outubro. Foi aí que pensei em criar um festival com o nome Samamba Rock para homenagear a cidade. Já na edição de 1998, tivemos a participação de 12 bandas”, comenta o idealizador do evento.

O Samamba Rock cresceu e atende os anseios dos amantes do rock de todo o Brasil. Esta edição comemorativa tem como organizador Allan Stefano, responsável por trazer as novidades para o evento, que contou com o Fundo de Apoio à Cultura (FAC) pela primeira vez.

“Resolvemos fazer uma megafesta, com duas bandas internacionais e muito rock do Distrito Federal. A banda Master (Estados Unidos) e Reactory (Alemanha) estarão no evento. Também faremos uma exposição com motos modificadas e diferentes. E, pela primeira vez, teremos um diferencial na acessibilidade com intérpretes em libras”, revela o organizador.

O festival que recebeu grupos tradicionais do rock como Matanza, que se apresentou para mais de 7 mil pessoas, preza pela diversidade de bandas locais. A banda Azzarok, que ficou em primeiro lugar na votação popular para tocar no evento, está crescendo no cenário brasiliense.

“Foi um ano bastante positivo para o Azzarok. Lançamos dois álbuns simultaneamente em todas as plataformas digitais e um CD. Estamos motivados para a apresentação”, conta Matheus Eleto, vocalista da banda.

Presente nas 20 edições do festival, a Second of Noise foi a primeira banda formada em Samambaia e até hoje marca presença no evento.
(foto: A banda Flashover está incluída na programação de sexta-feira)
(foto: A banda Flashover está incluída na programação de sexta-feira)
 
 
“Participar desta edição de 20 anos do Samamba Rock é muito gratificante. A Seconds of Noise foi a primeira banda de Rock formada na Samambaia. Nunca imaginaríamos que um dia a gente fosse celebrar 25 anos de estrada em um festival em casa. E isso é algo muito importante para nós, que acompanhamos toda a trajetória do festival. Tenho certeza de que será um ótimo evento”, completa Fábio Guedes.

*Estagiário sob a supervisão de Severino Francisco

  
 

Samamba Rock
Amanhã e sábado, às 17h. Samambaia Sul (Qd 304). Não recomendado para menores de 18 anos. Entrada franca.


Programação

Sexta-feira, 30/11
• Master (EUA)
• Nervochaos
• Bruto
• Flashover
• Seconds of Noise
• Fleshpyre
• Azzarock
• Eletric
• Subinstante

Sábado, 01/12
• Gangrena Gasosa
• Reactory (ALE)
• Os Cabeloduro
• Senso Morto
• Função inversa
• Kábula
• Maria Sabina & a Pêia
• Galões de Diesel
• Profans
 
 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade