Publicidade

Correio Braziliense

CCXP reúne mais de 500 artistas para debater sobre as novidades na cultura

Convenção começa nesta quinta (6/12), em São Paulo, e tem Sandra Bullock entre os convidados


postado em 06/12/2018 06:30 / atualizado em 06/12/2018 10:46

Depois de Will Smith, Netflix leva Sandra Bullock para divulgar o filme Bird box(foto: VALERIE MACON)
Depois de Will Smith, Netflix leva Sandra Bullock para divulgar o filme Bird box (foto: VALERIE MACON)

 

Durante alguns anos, as convenções geeks de San Diego (Califórnia), e de Nova York, mais conhecidas como Comic Con, foram referência no formato. Hoje, elas continuam sendo as feiras mais importantes. Porém, agora, ao lado delas, está a Comic Con Experience (CCXP), que, no ano passado, bateu recorde de público com 227 mil pessoas e, neste ano, contará com mais de 500 artistas nacionais e internacionais de diferentes áreas da cultura pop — games, televisão, cinema e quadrinhos — espalhados pelas programações que se dividem em painéis e experiências em três grandes auditórios (Cinemark, Ultra e Prime), estandes, palcos e áreas específicas de 6 a 9 de dezembro, em São Paulo.

Se no ano passado a feira bateu recorde de público e se tornou a maior Comic Con do mundo em público, a intenção da quinta — e comemorativa — edição é atingir um número ainda maior. Para isso, a produção do evento, em parceria com estúdios, canais e distribuidoras, investiu forte nos convidados levando em consideração o perfil desse público no Brasil, que, em  sua maioria, é formado por pessoas entre 18 e 29 anos com  grande interesse em internet e ficção científica, segundo pesquisa Geek Power, sobre hábitos de consumo.

“Quando a gente pensa o mundo geek, ele está muito atrelado a ser apaixonado por alguma coisa. Há algum tempo já que esse público “saiu do armário”. Antes as pessoas tinham vergonha de ser geek e nerd, agora todo mundo acompanha séries, assiste a filmes de super-heróis, curte HQ, lê livros como O senhor dos anéis e Harry Potter”, analisa Marcela Miranda, porta-voz da Trigg, empresa de cartões que é uma das patrocinadoras do evento e que terá um estande com games e experiências para o público, além de lançar um cartão comemorativo com arte de Aquaman na feira — a empresa já tem versões de Mulher-Maravilha, Batman e Superman.

Zachary Levi está entre os atores do universo dos heróis que estará na feira(foto: ROBYN BECK)
Zachary Levi está entre os atores do universo dos heróis que estará na feira (foto: ROBYN BECK)


Line-up de peso

Neste ano o line-up conta com mais de 20 artistas internacionais de peso, indo desde a ganhadora do Oscar Sandra Bullock, que estará no país para promover o filme Bird box,  produzido pela Netflix, até nomes da nova geração como Maisie Williams, a Arya Stark de Game of thrones, que participará de painel da HBO sobre a série.

A feira começa hoje, a partir das 12h, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, com homenagem a Chris Columbus, diretor e produtor norte-americano envolvido em produções como Harry Potter, Esqueceram de mim e Percy Jackson. Logo no primeiro dia várias estrelas desembarcam na convenção. Uma das mais aguardadas é a presença de parte do elenco de Game of thrones, com Maisie Williams e John Bradley (Samwell Tarly), e os criadores David Benioff e D.B. Weiss. Essa será a primeira vez que a HBO reúne tantos nomes na produção para falar sobre a última temporada, que estreia em abril de 2019.

No mesmo dia, a feira conta ainda com Ricky Whittle, de American gods; Manu Bennett, de Arrow, Spartacus e O Hobbit; e as estrelas brasileiras Paolla Oliveira, indo promover Cemitério maldito, e Cauã Reymond, Kleber Toledo, Maria Casedevall e Sophie Charlotte, para falar da série Ilha de Ferro, disponível na Globo Play e que teve o primeiro episódio exibido na Globo. cam para a presença de Tom Welling, ex-protagonista de Smallville, que participa de um painel em homenagem aos 80 anos do Superman; Rebecca Sugar, criadora da animação Steven Universo do Cartoon Network; o trio Jessica Chastain, Simon Kinberg e Sophie Turner para falar sobre o próximo X-Men; e Mina Lima, designer brasileiro envolvido nas artes de Harry Potter, entre elas de Animais fantásticos: Os crimes de Grindelwald.

No fim de semana é a vez da feira ter ainda mais estrelas. No sábado, o diretor M. Night Shyamalan desembarca para falar de Vidro, filme que une o universo de Corpo fechado e Fragmentado; os atores do universo Marvel Sebastian e Brie Larson participam da feira para falar de Vingadores e Capitã Marvel; e Andy Serkis, que vai promover o live action Mogli: Entre dois mundos. Já no domingo, a CCXP recebe Michael B. Jordan, de Creed; Zachary Levi, de Shazam!; Sandra Bullock ao lado de Trevante Rhodes para falar de Bird box; e o trio de Stranger things, Caleb Mclaughlin, Noah Schnapp e Sadie Sink.

Outras atrações

Além dos painéis, em que os artistas batem um papo com o público sobre seus trabalho, a feira tem uma série de outras programações. Entre elas, as estreias de filmes. Na sexta-feira, a feira tem sessão especial de Aquaman. No sábado, tem première da animação WiFi Ralph, enquanto no domingo serão exibidos Creed 2 e Bird box. Todos com exclusividade para o público do Auditório Cinermark, o principal da CCXP, que tem capacidade para três mil e 300 pessoas.

Do lado de fora dos auditórios, também há opções para o público. Os estandes são uma diversão à parte, com experiências imersivas e interativas, e até com programação própria, como é o caso do espaço do Grupo Globo com direito a meeet & greet, bate-papo e demonstração de produções. Estão confirmadas as presenças do elenco de Ilha de Ferro, Aruanas, Vai Fernandinha, Viver do riso, Só toca top, Shippados e Detetives do Prédio Azul.

Outros estandes que já anunciaram grandes atrações são a Warner, com recriação de cenário de Riverdale e brincadeiras envolvendo temáticas de The Big Bang Theory, Young Sheldon e Supernatural; Hasbro em parceria com Paramout, que levará o público para uma viagem aos anos 1980, período em que se passa o novo filme de Transformers, Bumblebee; Senac São Paulo com maquiagem artística e oficina de óculos de realidade virtual; Sky com escape room; Mauricio de Sousa Produções com quatro cabines temáticas de personagens da Turma da Mônica; entre outros.
 
Mineira radicada em Brasília, Renata Rinaldi participa de projeto que será lançado na CCXP pela representatividade feminina nos quadrinhos (foto: Renata Rinaldi/Reprodução)
Mineira radicada em Brasília, Renata Rinaldi participa de projeto que será lançado na CCXP pela representatividade feminina nos quadrinhos (foto: Renata Rinaldi/Reprodução)
 
Tradição do quadrinho

Em seu quinto ano, a convenção também resolveu reforçar a tradição dos quadrinhos. Dessa vez, a feira contará com ainda mais quadrinistas brasileiros reunidos na área batizada de Artist’s alley, em que os autores e ilustradores podem expor seus trabalhos e interagir com o público. “As proporções da CCXP são magnânimas, o fluxo de gente, intenso e a quantidade de profissionais da área tornam tudo muito único. Encaro como uma das maiores vitrines de divulgação e vendas do país”, analisa Renata Rinaldi, mineira radicada em Brasília que vai para mais um ano de feira.

Ela se junta aos mais de 15 brasilienses confirmados na edição de 2018. “É com grande felicidade que estarei nessa edição. Do ano passado para cá, o número de inscritos para o Artist’s alley aumentou muito, tornando a seleção bem mais rigorosa, afirma Rinaldi. 

Neste ano, Renata Rinaldi aproveita para lançar o quadrinho The invisible thread, com quatro histórias sobre laços afetivos, e expor títulos anteriores, como O jardim, prints exclusivos, adesivos, pins e coletâneas. Além disso, a artista participa de uma ação que envolve 23 quadrinistas mulheres que estarão na área.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade