Publicidade

Correio Braziliense

Forró é tema de fórum que discute um dos gêneros mais populares do país

A importância do forró no cenário cultural brasileiro é tema dos seminários


postado em 13/12/2018 06:30 / atualizado em 13/12/2018 07:40

O gênero é cultivado em várias regiões do país: encontro debaterá onde ele pode se fortalecer(foto: Jaqueline Bassi/Divulgação)
O gênero é cultivado em várias regiões do país: encontro debaterá onde ele pode se fortalecer (foto: Jaqueline Bassi/Divulgação)

 

De hoje até sábado, a capital federal recebe o II Simpósio Nacional do Movimento Junino, o Fórum Brasil Junino e o Fórum Forró de Raiz, que buscam promover discussões acerca da importância do movimento cultural junino brasileiro e do reconhecimento do forró como Patrimônio Imaterial do Brasil.

Os três encontros serão ao mesmo tempo no Estádio Nacional Mané Garrincha e terão várias atividades como palestras e mesas-redondas que buscam discutir a visão da cultura brasileira no exterior, a cultura junina, e o forró como patrimônio imaterial e muitos outros temas ligados a esses movimentos importantes da cultura brasileira.

“O objetivo é fomentar a ideia da conscientização do que é o forró, da importância e mostrar que o forró não é somente no Nordeste, tem no Brasil inteiro”, afirma Dona Joana Alves, coordenadora geral do Fórum Forró de Raiz. “Temos que discutir onde o forró pode se fortalecer”.

Desde 2008, acontecem os fóruns do Forró de Raiz, que surgiu na Paraíba, e dali por diante vem ganhando força e realiza todos os anos um encontro estadual, com duas edições com proporções nacionais.

Nesses tempos em que há milhares de subgêneros, a todo momento surgindo um novo ritmo baseado no gênero tradicional, o fórum sempre tem o intuito de trazer um diálogo entre o forró tradicional e o contemporâneo. “É sempre importante falar o que é o forró, o forró matriz. Muitos artistas fazem o forró eletrônico, por exemplo, mas desconhecem o que é de fato o forró tradicional”, conta a coordenadora.

“Estamos finalizando o ano com este encontro e estamos em um processo chave da avaliação, de conclusão do registro. É necessário nós fortalecermos esse movimento com os políticos para conseguirmos uma forma de trabalho mais digna para o forrozeiro”, diz Dona Joana.

Além das palestras e mesas-redondas dos fóruns, é claro que não poderia faltar apresentações artísticas ligadas ao movimento. Os participantes poderão curtir, sempre a partir das 19h,  com inesquecíveis apresentações de grandes nomes do forró com clima de união e celebração da tradicional cultura do Brasil. Nomes como Elba Ramalho, Nilson Freire, e Lucy Alves enaltecem o movimento com shows.

“Graças a Deus os artistas têm contribuído muito, todos estão conscientes da responsabilidade, temos que acabar com essa discriminação que paira sobre o gênero”, conclui a coordenadora Dona Joana.

Para participar das atividades do fórum é necessário inscrever-se, gratuitamente, no site www.brasiljunino.com.br e para os shows, no período da noite, a entrada é livre para todos os públicos.

*Estagiário sob a supervisão de Severino Francisco




Estádio Nacional Mané Garrincha 
(Eixo Monumental). Hoje até sábado. A partir das 14h. Entrada franca (participação nas palestras/mesas-redondas mediante a inscrição prévia). Classificação indicativa livre.


Programação musical

Hoje
19h:Trio do Nordeste
20h: Quadrilha Si Bobiá a gente Pimba!
20h30: Nilson Freire e Convidados
21h45: Balé Flor do Cerrado
22h: Banda Trio Siridó
23h: Forró de Vitrola com Cacai Nunes
23h45: Mateus e Catirina
00h: Elba Ramalho


Amanhã
19h: Trio Bjú
20h: Quadrilha Junina Sanfona Lascada
20h30:Nilson Freire e Convidados
21h45: Boi do Seu Teodoro
22h15:Grupo Pé de Cerrado
23h30: Balé Flor do Cerrado
23h50: Mateus e Catirina
00h: Quinteto Violado


Sábado
19h: Jamelo e os Cobras do Baião
20h: Quadrilha Junina Arroxa o Nó
20h30: Nilson Freire e Convidados
22h: Balé Flor do Cerrado
22h15: Gabriel Lenner e banda
23h30: Mateus e Catirina
23h45: Lucy Alves

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade