Publicidade

Correio Braziliense

Bruna Linzmeyer conta ter perdido contratos após se assumir homossexual

A atriz foi capa da revista Marie Claire em janeiro e voltou a falar sobre o tema


postado em 02/01/2019 14:51 / atualizado em 02/01/2019 14:51

(foto: ALBERTO PIZZOLI)
(foto: ALBERTO PIZZOLI)

 
Bruna Linzmeyer comentou novemante os boicotes sofridos por empresas depois de se assumir lésbica. A atriz e modelo revelou o fato em entrevista à revista Marie Claire, da qual é capa de janeiro. Ela disse ter perdido contratos por causa da sexualidade. “Mas também ganhei novas oportunidades”, ponderou a atriz, que esteve em dois filmes e uma novela em 2018.

“Claro que perdi contratos por me assumir lésbica. E claro que fiquei assustada, principalmente porque tinha um apartamento para pagar e meus pais não são ricos, pelo contrário. Mas não tive muita escolha. Ou me assumia e vivia a minha vida, ou tinha um câncer, tinha depressão. Adoecia”, contou à Marie Claire. Bruna, atualmente, namora a artista plástica Priscila Visman. “Não vou deixar de beijar minha namorada em público porque alguém poderia bater uma foto e isso virar notícia. Nunca foi uma opção me esconder”, completou.

Em 2018, a atriz foi estrela do aclamado longa de Cacá Diegues, O grande circo místico. O sucesso do filme fez com que o longa-metragem fosse eleito representante do Brasil na corrida pelo Oscar de melhor filme estrangeiro — o que acabou não vingando. Ela também contracenou em O banquete ao lado de Chay Suede. Na televisão, interpreta Lourdes Maria na novela O sétimo guardião

Na foto de capa da Marie Claire, Bruna Lizmeyer exibe a axila não depilada, atitude que é um reflexo da aproximação da artista as ideias feministas. “Se não falamos sobre elas (axilas), não viram uma questão a ser debatida. É aí que quero chegar. Me depilei durante muito tempo. Ter pelos já foi estranho para mim. Hoje, acho estranho uma mulher não os ter. E mais: acho sexy quando uma mulher tem e acho sexy em mim”, contou.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade