Publicidade

Correio Braziliense

Sertanejo Pedro Bento, da dupla com Zé Estrada, morre aos 84 anos

Corpo do cantor foi cremado nesta sexta, em São Caetano do Sul


postado em 04/01/2019 18:58 / atualizado em 04/01/2019 18:58

O cantor foi um dos compositores da clássica música 'Galopeira'(foto: Divulgação/Facebook)
O cantor foi um dos compositores da clássica música 'Galopeira' (foto: Divulgação/Facebook)
 
O cantor sertanejo Joel Antunes Lemes, conhecido como Pedro Bento, que fazia dupla com Zé da Estrada, morreu aos 84 anos, na tarde da última quinta (3/1), em São Caetano do Sul (SP). O artista faleceu por complicações de uma pneumonia.

Um comunicado sobre a morte do sertanejo foi publicado no Facebook oficial da dupla, nesta sexta (4). "É com profundo pesar que comunicamos a triste notícia da morte do nosso grande artista Pedro Bento. Nossos sentimentos a todos os familiares, amigos e a todos os fãs." O velório ocorreu no Ossel Memorial, às 8h, enquanto o corpo foi cremado às 13h desta sexta.
 
 
 
Pedro Beto é o autor da versão em português de Galopeira, do paraguaio Junto de Mauricio Cardoso Ocampo. A música foi o primeiro sucesso da dupla Chitãozinho & Xororó. O sucesso com Zé Estrada se deu por levar elementos mexicanos à música sertaneja. Entre os sucessos de Pedro Bento e Zé Estrada estão Dama de vermelho, Luar do sertão e Seresteiro da lua.

Os sertanejos permaneceram juntos, como dupla, por 63 anos, até a morte de Zé da Estrada, em 5 de junho de 2017, aos 88 anos, em São José do Rio Preto (SP). Quase dois anos depois, o outro sertanejo da dupla, faleceu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade