Publicidade

Correio Braziliense

Tuka Villa-Lobos homenageia Rita Lee no Buraco do Jazz

Cantora e compositora brasiliense vai apresentar arranjos jazzísticos para a obra de Rita Lee


postado em 10/01/2019 07:15

Tuka Villa-Lobos é a grande atração do Buraco do Jazz: releitura com roupagem jazzística(foto: Rafa Zart/divulgação)
Tuka Villa-Lobos é a grande atração do Buraco do Jazz: releitura com roupagem jazzística (foto: Rafa Zart/divulgação)


Um dos mais bem-sucedidos projetos artísticos em Brasília, nos últimos anos, o Buraco do Jazz inicia as atividades em 2019 como suporte do Summer Drink Festival, que ocupa o estacionamento 5 do Parque da Cidade hoje e nos dias 17 e 24, a partir das 18h. Na abertura, a atração é o show Rita in jazz, protagonizado pela cantora Tuka Villa-Lobos, às 21h. Nas outras quintas-feiras se apresentam Raildo Ratho e Quinteto Jazzista e André Martins, e Tango Fusion.

“Chegamos em 2019, com o segundo festival de drinks de verão e as edições de férias do Buraco do Jazz. Promovemos um evento a céu aberto, em baixo de árvores iluminadas do Parque da Cidade, com entrada franca. Os grupos e bandas de jazz que se apresentam mostrando trabalho autoral ou releitura de clássicos desse gênero musical deixam o clima ainda melhor”, celebra o criador e produtor do projeto Gustavo Frade. “Outro destaque é o concurso de cangas mais famoso do Brasil, com a participação dos frequentadores”, acrescenta.

A história do Buraco do Jazz teve início em abril de 2016, na área do posto de gasolina da 214 Sul. Como passou a reunir um grande público, que se espalhava pela via; um ano depois transferiu-se para a área externa do Complexo Cultural da Funarte, no Eixo Monumental. Em maio do ano passado, mudou novamente o local, instalando-se no estacionamento 5 do Parque da Cidade, onde permanece.

Rita in Jazz

Projeto que une dois parceiros, a cantora Tuka Villa-Lobos e o guitarrista Felipe Barão, o Rita in Jazz proporciona aos dois a releitura da obra de uma das compositoras mais prolíficas do rock brasileiro. “Vamos dar uma roupagem jazzy, bem intimista, com muitos improvisos, de canções marcantes de diferentes fases da trajetória de Rita, desde a época dos Mutantes até a parceria com Roberto Carvalho”, diz Tuka.

Em cartaz já há dois anos, o show estreou na Galeria Mundo Vivo (412 Norte), foi levado ao Bar Brahma, Café Savana e no próprio Buraco do Jazz. No dia 21 será apresentado no Hopp Capotal Beer, no Setor de Indústria e Abastecimento. O repertório reúne clássicos como Mutante, Ovelha negra, Agora só falta você, Jardim da Babilônia, Nem luxo, nem lixo, Baila comigo, Banho de espuma e Amor e sexo.

Tuka iniciou a carreira em São Paulo, como vocalista de banda de baile. Depois, já em carreira solo, abriu shows de Billy Paul e de Rita Lee, e trabalhou em produções de ópera e teatro musical. “Vim para Brasília no final de 2003, lancei o CD Loba e o DVD Soma, que foram divulgados com uma série de shows aqui na capital e em outras cidades”, lembra.

Desde o ano passado, a cantora está à frente do projeto Acontece no museu, que desenvolve no Museu Correios (Setor Comercial Sul), com foco em educação para cultura. “Nesse projeto promovemos shows diferenciados, nos quais o artista, além de cantar, fala do seu trabalho e de aspectos da música em Brasília. Márcia Tahuil, Sandra Duailibe, Dilo D’Araújo e Banda Tarot participaram do projeto”, conta Tuka.


Summer Drink Festival
Hoje, a partir das 18h, no Buraco do Jazz (Estacionamento 5 do Parque da Cidade), com o show Rita in Jazz com Tuka Villa-Lobos, acompanhada pelo guitarrista Felipe Barão. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade