Publicidade

Correio Braziliense

The Killers volta com clipe dirigido por Spike Lee

'Land of the free' é o primeiro trabalho do grupo desde o último álbum, lançado há três anos


postado em 15/01/2019 11:47 / atualizado em 15/01/2019 11:47

Grupo faz crítica a política de imigração de Trump(foto: Ethan Miller/Getty Images/AFP)
Grupo faz crítica a política de imigração de Trump (foto: Ethan Miller/Getty Images/AFP)
A banda norte-americana The Killers voltou a ativa com o single Land of the free (“Terra da liberdade”, em tradução literal). Esse é o primeiro trabalho do grupo desde 2017 e marca um retorno de grande expectativa para os fãs, já que vários membros da banda seguiam trabalhos independentes.

E para fazer bonito no retorno aos charts, o grupo chamou ninguém menos do que o premiado diretor Spike Lee para dirigir o clipe de Land of the free. Gravado pelo selo do próprio grupo, o Battle born studios, a faixa ainda conta com vocais de Lynn Mabry, Dorian Holley, Will Wheaton, Sherree Patrice Brown, Akasha Mabry, Amanda Brown, Danielle René e Erica Canales.

Na letra, o grupo aborda a saga de uma família de imigrantes ainda na colonização norte-americana, no vídeo – em paralelo – o grupo apresenta imagens de imigrantes mexicanos presos em combates com a polícia e pobreza na fronteira com os Estados Unidos. As filmagens foram realizadas por Lee ao longo de duas semanas (no fim de 2018), em uma viagem ao longo da fronteira.



Ao canal britânico Beats 1, Brandon Flowers comentou sobre o novo trabalho. “Eu acho que é um assunto muito importante no mundo de hoje e ele (o clipe) saiu de um momento de 'dizer chega'. Esse tipo de coisa não parece estar em harmonia com os valores que eu acredito que tenham fundado este país”. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade