Publicidade

Correio Braziliense

José Damata assume direção do Cine Brasília por dois meses

Após saída de Sérgio Moriconi, que recuperou a identidade do espaço, a salas será comandada por José Damata, também conhecido pela militância cultural


postado em 17/01/2019 06:15

Inicialmente, José Damata ficará por dois meses no cargo(foto: Gilberto Alves/CB/D.A Press - 30/3/10)
Inicialmente, José Damata ficará por dois meses no cargo (foto: Gilberto Alves/CB/D.A Press - 30/3/10)

 
A partir de hoje, o baiano pioneiro de Brasília José Damata assume a programação do Cine Brasília, um dos mais importantes espaços de fomento do audiovisual na cidade. Damata ocupa o lugar de Sérgio Moriconi, que estava à frente do posto desde 2013, e deixou o cargo no início deste mês de janeiro com o relevante esforço de recuperar a sala de cinema.

De acordo com Damata, ele fica no Cine Brasília, inicialmente, por apenas dois meses. Em entrevista ao Correio, disse que se apresentou como voluntário ao atual secretário de Cultura, Adão Cândido, para suprir o cargo que estava vago. “A programação vai seguir o curso normal. O Sérgio deixou tudo completo até 24 de janeiro. A partir desta data, não tem mais nada. A gente vai montar a nova programação”, ressalta.

Segundo informações da Secretaria de Cultura, Damata poderá permanecer no posto ou abrir espaço para que outros cinéfilos possam participar da programação do Cine Brasília. “O modelo de voluntariado permite diversificar a programação, abrindo espaço para profissionais de todo o Distrito Federal”, afirma o secretário Adão Cândido.

Damata atuou no Cine Brasília anteriormente: foi programador da sala entre 1985 e 1993. Atualmente, comanda o projeto Cinema Voador, que leva conteúdo audiovisual para diversas regiões do país. Duas vezes ganhador da comenda da Ordem do Mérito Cultural do DF, ele destaca que o tradicional espaço da cultura local deve receber, em breve, três mostras de cinema. “As temáticas serão sobre mulheres, população indígena e uma outra dedicada à história de Brasília”, adianta.

Apesar de tomar frente do cargo de programador pelos próximos meses, José Damata conta que não tem previsões sobre quem assumirá o cargo depois do período: “Não sei se o Sérgio vai voltar para o cargo. Eu acho que está todo mundo esperando que sim, mas não sei”, continua.

Damata se mostra otimista diante da nova etapa: “O governo está no começo, as coisas são assim mesmo. O Cine Brasília é um cinema que a cidade ama, que a cidade adora, que nós gostamos. Nós temos que fazer tudo de possível para não parar”, afirma.

Moriconi foi exonerado do cargo após um decreto assinado pelo governador Ibaneis Rocha que demitiu todos os cargos comissionados do governo anterior, cerca de 16 mil. As saídas foram confirmadas no Diário Oficial do Distrito Federal em 1º de janeiro.

*Estagiária sob supervisão de José Carlos Vieira
 
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade