Publicidade

Correio Braziliense

Vítima de Ted Bundy critica filme sobre o assassino em série

Para ela, 'o filme o glorifica mais do que deveria'


postado em 30/01/2019 17:00 / atualizado em 31/01/2019 08:54

Zac Efron interpreta o assassino em série Ted Bundy no filme(foto: Reprodução/Instagram)
Zac Efron interpreta o assassino em série Ted Bundy no filme (foto: Reprodução/Instagram)

O filme Extremely wicked, shockingly evil and vile, que traz Zac Efron no papel do serial killer Ted Bundy, estreou durante o Festival Sundance e motivou críticas de alguém que sobreviveu ao ataque de Bundy.

 

Trata-se de Kathy Kleiner Rubin. Ela foi abordada por Ted Bundy em 1978, quando tinha 20 anos, na Universidade Estudal da Flórida. "O filme o glorifica mais do que eu acho que deveria ser, mas como eu disse, acho que todos deveriam entender e ver como ele era, mesmo quando ele era o filho perfeito", revela ao TMZ.

 

"Eu não tenho problemas com pessoas que assistam (ao filme), desde que entendam que o que elas estão vendo não é uma pessoa normal. Acredito que, para mostrar exatamente como ele era, não deveriam glorificá-lo, mas mostrá-lo. E quando eles dizem coisas positivas e maravilhosas sobre ele, é o que eles viram, é o que Bundy queria que eles vissem", confessa Kathy.

 

Zac Efron recebeu diversos elogios da crítica especializada pela interpretação de Ted Bundy. O filme Extremely wicked, shockingly evil and vile ainda não tem data para lançamento internacional.

 

Confira o trailer de Extremely wicked, shockingly evil and vile !

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade