Publicidade

Correio Braziliense

Divulgado o depoimento de Lady Gaga no caso Kesha v. Dr Luke

Lady Gaga depôs em 2017 a favor da cantora Kesha, que acusa o produtor musical Dr. Luke de estupro e abuso


postado em 31/01/2019 14:12 / atualizado em 31/01/2019 14:12

Lady Gaga, que também já sofreu de abuso sexual, depôs a favor da artista e amiga Ke$ha(foto: AFP/Robyn Beck - AFP Photo/Valerie Macon)
Lady Gaga, que também já sofreu de abuso sexual, depôs a favor da artista e amiga Ke$ha (foto: AFP/Robyn Beck - AFP Photo/Valerie Macon)

Em 2014, a cantora Kesha abriu uma ação judicial acusando o famoso produtor Dr. Luke de estupro e abuso. O caso ainda percorre os corredores da justiça americana e, na última quarta (30/1), foi liberado o depoimento de Lady Gaga, feito em setembro de 2017, a favor da cantora.

Antes de depor, o advogado de Lady Gaga informou que a artista é sobrevivente de abuso sexual e que dar esse depoimento era uma espécie de gatilho para o trauma dela.

Na ocasião, Gaga contou que, no estúdio da casa de Dr. Luke, viu Kesha seminua e traumatizada em um quarto do fundos. "O que eu me lembro é da imensa tristeza, depressão e medo que ela sentia. Ela estava visivelmente diferente da imagem que eu tinha dela antes de conhecê-la. Eu não posso dizer especificamente sobre o que conversamos, eu só me lembro que foi muito emocional e eu quis apoiá-la", disse Gaga.

A cantora ainda afirmou que Kesha contou a ela sobre o abuso, quando foi perguntada se ela tinha conhecimento da relação entre a cantora e Dr. Luke. "Sim, eu tenho conhecimento. Ela me contou que ele abusava dela".

Após isso o advogado de Dr. Luke perguntou se ela sabia algo além do que Kesha havia lhe contado: "Bom, quando homens abusam de mulheres, eles não chamam as pessoas para assistir. E quando isso acontece nesta indústria (da música), é mantido em total segredo. Em cima disso há contratos e cenários de manipulação poderosa que, aliás, incluem esta situação em que nos encontramos agora". 

O advogado, então, perguntou: "Mas há pessoas que são falsamente acusadas de estupro, não existem? Você acha que nunca houve uma falsa acusação de estupro?". Lady Gaga respondeu com outra pergunta: "O que dizer de todas as mulheres que são acusadas de serem mentirosas e, como Kesha, foram chamadas de vagabunda na frente do mundo todo. O que dizer disso?".

Ele então reformulou a pergunta para perguntar o que acontece quando a situação se torna "ele disse, ela disse".

Então, Gaga voltou a afirmar que acredita na amiga. "Eu acredito que seja verdade. Eu tenho conhecimento factual da depressão que ela passou. Eu tenho conhecimento factual da sua necessidade de apoio e amor. Eu tenho conhecimento factual da espiral negativa em que eu observei ela entrar. Eu tenho conhecimento factual do trauma. Eu sou informada e tenho conhecimento sobre este assunto".

"Aquela garota sofreu um trauma grave e ela está no meio de tudo isso neste momento. E vocês todos também fazem parte disso", garantiu Lady Gaga. "Por que ela diria ao mundo que isso aconteceu? Você sabe como é passar por isso para os sobreviventes de abuso? Você sabe como alguém se sente quando diz isso para as pessoas?". 

A batalha na justiça, iniciada em 2014, ainda está em andamento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade