Publicidade

Correio Braziliense

Morre o ator britânico Albert Finney aos 82 anos

Finney recebeu quatro indicações ao Oscar de melhor ator e ganhou três Globos de Ouro


postado em 08/02/2019 12:34 / atualizado em 08/02/2019 13:05

(foto: Lucy Nicholson/ AFP)
(foto: Lucy Nicholson/ AFP)

O ator britânico Albert Finney morreu aos 82 anos, informou um porta-voz da família nesta sexta-feira (8/2). Finney, que recebeu cinco indicações ao Oscar de melhor ator e ganhou três prêmios Globo de Ouro, "faleceu pacificamente após uma curta doença, e as pessoas mais próximas estavam a seu lado", disse o porta-voz.

 

Importante na renovação do cinema britânico, Finney despontou em Tudo começou num sábado (1960) e, entre sucessos populares, esteve na narração (e em cena) do filme de Tim Burton Peixe Grande e suas histórias maravilhosas (2003), dividindo o papel central com Ewan McGregor.

Na carreira, obteve 13 indicações ao importante prêmio Bafta, além de três prêmios Globo de Ouro, mesclados a outras seis indicações.

 

Na disputa pelo Oscar, foi dos maiores perdedores, ao lado dos colegas Peter O´Toole e Richard Burton, com cinco indicações e nenhuma vitória. A mais recente lembrança veio como coadjuvante, na pele do advogado incisivo de Erin Brockovich (2001). Finney foi o inspetor Hércule Poirot, papel pelo qual também foi indicado, na adaptação de obra de Agatha Christie, Assassinato no Expresso Oriente (1974).

 

No clássico As aventuras de Tom Jones (1963), ele protagonizou uma das antológicas cenas do cinema, num lascivo banquete. Dramas densos, À sombra do vulcão (1984) e O fiel camareiro (1983) igualmente renderam indicações para a famosa estatueta dourada. 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade