Publicidade

Correio Braziliense

Camila Pitanga e Bruna Linzmeyer protagonizam novo clipe de Letrux

O vídeo de 'Ninguém perguntou de você' mostra as atrizes em clima sensual


postado em 11/02/2019 11:37 / atualizado em 11/02/2019 11:38

Letrux ressalta que falar sobre amor pode ser uma forma de combater o ódio(foto: Reprodução/Internet)
Letrux ressalta que falar sobre amor pode ser uma forma de combater o ódio (foto: Reprodução/Internet)

 

 

Ninguém perguntou de você, novo clipe da cantora Letrux, nome artístico de Letícia Novaes, lançado neste domingo (10/2) e dirigido por Pedro Henrique França, o mesmo do videoclipe Pedrinho, de Tulipa Ruiz, mostra as atrizes Camila Pitanga e Bruna Linzmeyer em um clima sensual. Tudo se passa em uma atmosfera intensa e onírica, durante uma festa na qual as duas se encontram na pista de dança e começam a flertar e a dançar juntas. 

 
As cenas são banhadas por uma luz vermelha que nos faz indagar o que é verdadeiro e o que é um sonho refletindo a letra da música que fala de um amor que ocorre todo dentro da cabeça da pessoa. "A gente só serviu no sonho, a gente só prestou dormindo", canta Letícia. Na música, o amor é vivido intensamente e com muita liberdade. A cantora fala sem pudor sobre seus sentimentos e desejos sexuais.
 
 
Em entrevista à revista Rolling Stone, as atrizes refletiram sobre a necessidade de se expressar sobre o amor e a liberdade durante o período político atual. "Há muitas maneiras de falar sobre ódio. Uma delas é não falar sobre ele, falar sobre amor", comentou  Bruna Linzmeyer. Camila Pitanga complementou: "Vivemos um tempo em que é urgente falar do fundamental. Amor é fundamental em todas as suas possibilidades. Amor não pode ter limite, precisa ser multiplicado em forma e volume.” 
 
Bruna Linzmeyer e Camila Pitanga no clipe de Ninguém perguntou de você(foto: Flora Negri)
Bruna Linzmeyer e Camila Pitanga no clipe de Ninguém perguntou de você (foto: Flora Negri)
 

O vídeo, assim como a canção, reflete essa liberdade e a intensidade de se viver o amor, mesmo que apenas em sonho. "O resultado do vídeo ficou como a música é em si: um delírio, um devaneio, um sonho, um desejo. Uma invenção de paixão, do jeito que a gente quiser e desejar, sem ninguém meter o bedelho", comentou a cantora.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade