Publicidade

Correio Braziliense

Em forma de marionete, Dona Onete lança clipe de 'Carimbó arrepiado'

Artista do Pará tem 79 anos


postado em 13/03/2019 19:10 / atualizado em 13/03/2019 19:10

Dona Onete no making of do clipe(foto: Estúdio Tereza e Aryanne/Divulgação)
Dona Onete no making of do clipe (foto: Estúdio Tereza e Aryanne/Divulgação)

Nesta quarta-feira (13/3), Dona Onete lançou o single Carimbó arrepiado. A música fará parte do próximo álbum e relembra um pouco da trajetória da cantora paraense. A artista, de 79 anos, sempre sonhou em ser cantora e levar a história do Pará por meio da música. 

Nesse lançamento, a artista contou com a produção da dupla filmmakers Diana Boccara e Leo Longo, conhecidos como Couple of Things. No clipe, o casal criou um teatro de marionetes e estandartes para retratar da melhor forma a vida da cantora de carimbó.
 
 

História 

Ionete da Silveira Gama, conhecida como Dona Onete, nasceu no interior do Pará, quando criança morou em Belém e depois em Igarapé-Miri. Atuou como professora de história e secretária de cultura, mas o sonho sempre foi cantar. Mesmo demorando alguns anos, a cantora gravou o primeiro CD em 2012, e desde então é conhecida como a “Diva do Carimbó”.

O carimbó é um ritmo musical da Amazônia. Considerado patrimônio cultural brasileiro, o nome deriva do instrumento utilizado nas rodas da dança, chamado de Curimbó. Nas apresentações os homens vestem blusas estampadas ou não, acompanhadas de calças lisas, lenços no pescoço e chapéus de arumã. As mulheres sempre com ombros e barrigas de fora e saias amplas e coloridas, arranjo de flores no cabelo e sempre descalças.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade