Publicidade

Correio Braziliense

Em paredão triplo, Danrley é o oitavo eliminado do Big Brother Brasil 19

O carioca recebeu 61,21% dos mais de 150 milhões de votos em uma disputa contra Carol Peixinho e Paula. Restam oito participantes no programa


postado em 19/03/2019 23:18

(foto: Rede Globo/Reprodução)
(foto: Rede Globo/Reprodução)

No oitavo paredão do Big Brother Brasil 19, o estudante de biologia e vendedor de picolés Danrley, de 20 anos, acabou eliminado na noite desta terça-feira (19/3). Em uma disputa contra Carol Peixinho (15,87%) e Paula (23,52%), o carioca recebeu 61,21% dos mais de 150 milhões de votos. Restam oito parcipantes na reta final do programa — a previsão é que termine em 12 de abril, uma sexta-feira.





A formação do paredão ocorreu na noite de domingo (17/3), quando a líder Gabriela indicou Paula. Carol e Danrley foram os mais votados pela casa, com quatro e três votos, respectivamente.

Além dos dois emparedados, apenas Elana recebeu votos no confessionário. Carol Peixinho foi escolhida por Rízia, Elana, Danrley e Rodrigo (o imunizado da semana). Já Darley, recebeu votos de Carol Peixinho, Paula e Hariany. 

Histórico


Na semana passada, Tereza acabou eliminada naquele que ficou conhecido como o "pior paredão da história", nas palavras do apresentador Thiago Leifert porque tanto o público quanto a casa decidiram quem continuaria no jogo.

Formado por Carolina, Tereza, Hariany e Alan, o paredão começou com a participação do público. Carol (37,05%) e Allan (29,17%) se salvaram. Os dois menos votados —Hariany (27,55%) e Tereza (6,23%) — se enfrentaram em um miniparedão, desta vez definido pelos próprios brothers. Por cinco votos a três, Tereza acabou eliminada. 

Nos paredões anteriores, foram eliminados Isabella, Maycon, Diego, Hana, Gustavo e Vinícius. 

Além dos oito eliminados, a casa já perdeu também o gaúcho Fábio — que, por conta de um problema com patrocínio sequer chegou a entrar no programa — e o acriano Vanderson — eliminado pela produção, após ter sido intimado para depor à polícia por suspeitas de agressão e estupro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade