Publicidade

Correio Braziliense

Shallow now: Conheça versões alternativas ao sucesso de Lady Gaga

O lançamento da parceria de Paula Fernandes e Luan Santana gerou piadas sobre a música


postado em 23/05/2019 18:54 / atualizado em 23/05/2019 19:03

(foto: Kevin Winter/Getty Images/AFP)
(foto: Kevin Winter/Getty Images/AFP)

 

A faixa Juntosparceria de Paula Fernandes e Luan Santana, virou piada nas redes sociais ao misturar inglês e português no refrão "juntos e shallow now". A música é uma versão brasileira de Shallow, música premiada de Lady Gaga e Bradley Cooper.

 

Outras artistas brasileiros entraram na onda e lançaram novas versões. Antes mesmo de Paula, a banda pernambucana Desejar lançou No chão. Agora, ganhou Shallow now, dos baianos da La Fúria. O funkeiro MC Maha, de Brasília, lançou também uma música com o título Swallow now. Ouça abaixo as diferentes versões:

 

Banda Desejar - No chão

 

 

 

La fúria - Shallow now

 

 

MC Maha - Swallow now

 

 

 

(foto: Kevin Winter/Getty Images/AFP)
(foto: Kevin Winter/Getty Images/AFP)
 

Paula Fernandes se pronuncia

 
Depois de virar piada nas redes sociais, Paula Fernandes defende, em entrevista ao G1, o nonsense do refrão da música, dizendo  se tratar de "licença poética", e avisa: "Se não gosta, não entra no meu perfil". 
 
Ela explica que, com a música, queria aproveitar sons do inglês, que considera que podem ser mais melódicos. “Eu sinto que às vezes (o inglês é mais melódico) sim. Queria acompanhar a linha melódica que ela (Lady Gaga) fez. Se eu fosse cantar em português, esse “now” seria “agora”. às vezes eu não entendo tanto questionamento se isso faz parte da música original. O brasileiro canta isso intuitivamente. Ninguém ia cantar “shallow” agora”. 
 
A cantora ainda anunciou que fará mais versões em português de músicas internacioanis. "Tenho muitas versões prontas. Tem uma bem conhecida, mas não posso contar. É segredo", disse a mineira.



 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade