Publicidade

Correio Braziliense

Grupo The Platters se apresenta em Brasília com show cheio de hits

A turnê começou no início de maio, com show em Porto Alegre, e passou por São Paulo antes de vir à capital federal


postado em 26/05/2019 06:05

(foto: The Platters/Divulgação)
(foto: The Platters/Divulgação)

É graças a músicas como Only you, The great pretenders e Smoke gets in your eyes que o The Platters até hoje consegue reunir um público cativo e saudoso de uma época em que os conjuntos vocais eram o auge da música popular americana. O estilo romântico entoado pelos três integrantes iniciais era perfeito para bailes e salões e, nos anos 1950 e 1960, a banda chegou a vender mais de 50 milhões de discos. Desde então, vez ou outra, os Platters, cuja formação inicial já não existe mais, investe em diversos projetos para se manter no palco. Um deles são as turnês que, desta vez, trazem o grupo a Brasília. Kevin Carrol, Ronn Howard, Samuel Ceasar e Farah Melanson sobem neste domingo (26/5) ao palco do Teatro Royal Tulip para cantar um repertório de hits que embalaram três gerações de românticos.

A formação pode não ser a original, mas tem a mesma configuração. Quem lidera os vocais é Carrol, com suporte do tenor Howard e da soprano Farah. Caesar é o mais novo integrante, substituiu B. J. Mitchell, o último a ter dividido o palco com os integrantes da formação original dos anos 1950. Os músicos que acompanham os Platters são brasileiros.

A turnê começou no início de maio, com show em Porto Alegre, e passou por São Paulo antes de vir a Brasília. No total, 14 cidades estão na rota do grupo. “Claro, nós vamos cantar todos os nossos hits, mas adicionamos algumas músicas de outros artistas ao repertório, como é o caso de Sérgio Mendes e alguns outros”, avisa Kevin Carrol, que gosta muito de samba e bossa nova.

A música e os ritmos brasileiros perpassam hoje o trabalho do grupo. Na última turnê pelo país, há seis anos, os Platters cantaram com a convidada brasileira Vanessa Fallabela. “Não teremos nossa querida Vanessa no palco conosco dessa vez, ela está se apresentando em Nova York, mas a banda que nos acompanha é formada por músicos brasileiros”, avisa Carrol.

A história dos Platters é um pouco confusa. Ao longo dos mais de 60 anos de existência, muitos integrantes passaram pelo grupo, mas são as primeiras gravações, das décadas de 1950 e 1960, é que realmente respondem pelo sucesso do grupo. Quando gravaram hits como Smoke gets in your eyes, Only you e The great pretenders, a formação incluía Tony Williams, Zola Taylor, David Lynch, Paul Robi e Herb Reed, considerada a original e que, nas décadas seguintes, seria desconfigurada pela sucessivas saídas e substituições dos membros.

Os atuais integrantes tentam manter o frescor do grupo principalmente em projetos sociais e concertos. Em 2015, gravaram um EP para o qual convidavam pessoas comuns a pedir pela paz ao, eventualmente, participarem de gravações do grupo. “Nós tentamos ajudar da forma que podemos, fazendo os concertos e participando de projetos como esse, ajudando jovens e adultos a aprender a viver e amar uns aos outros. Vivemos em tempos difíceis e nossa missão é manter as pessoas unidas”, acredita Carrol.

The Platters
Domingo (26/5), às 20h, no Hotel Royal Tulip Alvorada (SHTN Trecho 1). Ingressos: R$ 240 e R$ 120 (meia). Não indicado para menores de 14 anos

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade