Publicidade

Correio Braziliense

Produtor musical André Midani morre, aos 86 anos, no Rio de Janeiro

Músico estava internado com câncer na Casa de Saúde São Vicente, na Gávea


postado em 14/06/2019 09:30 / atualizado em 14/06/2019 10:36

(foto: Dan Behr/Divulgação)
(foto: Dan Behr/Divulgação)

 

O produtor musical André Midani morreu na noite desta quinta-feira (13/6). Ele estava internado com câncer na Casa de Saúde São Vicente, localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro. 

 

Nascido na Síria em 1932, André Midani tinha 86 anos. Antes de chegar ao Brasil, em 1955, o produtor morou na França. No Brasil, ele comandou grandes e importantes gravadoras, e foi fundamental para o lançamento da Bossa Nova no cenário nacional. 

 

Músico de relevância, Midani trabalhou com grandes nomes como Gilberto Gil, Belchior, Ellis Regina, Hermeto Pascoal, Paulinho da Viola e Ney Matogrosso. Além disso, depositou confiança em nomes como Kid Abelha, Titãs e Lulu Santos para o rock nacional na década de 1980.

 

Na década de 1990, foi presidente da produtora Warner para a América Latina, e foi considerado pela revista Billboard uma das pessoas mais importantes na indústria mundial de discos.  

 

O velório do produtor deve ser fechado para familiares e amigos próximos.  

 

 

Confira algumas das homenagens prestadas ao produtor nas redes sociais: 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade