Publicidade

Correio Braziliense

Desastre da barragem de Mariana será tema de série de televisão

Dirigida por Andrucha Waddington, a produção será baseada na reportagem 'A onda de Mariana' publicada na Revista Piauí em julho de 2016


postado em 12/08/2019 19:23 / atualizado em 12/08/2019 19:23

Gravações da série começam em 2021(foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
Gravações da série começam em 2021 (foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press)

 

O desastre da barragem de Mariana, em Minas Gerais vai virar série de televisão. Segundo a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, a produção será dirigida por Andrucha Waddington, conhecido pelos trabalhos em Sob pressão, Chacrinha -- O velho guerreiro e Os penetras. 

 

Sem data de estreia ou informações sobre o elenco, o seriado será baseado na reportagem A onda de Mariana publicada na Revista Piauí em julho de 2016. As gravações estão marcadas para serem iniciadas em 2021, sob a produção de João Moreira Salles.

 

Essa não é a primeira obra sobre o caso. Em 2018, a Globo News exibiu o documentário dirigido por Ali Kamel, Vozes de Paracatu e Bento, que mostra as cidades atingidas pelo desastre.

 

Em 8 de agosto deste ano, foi a vez de O amigo do rei estrear nas telas de cinemas de São Paulo. Dirigido por André d'Elia, o documentário tem toques de ficção e apresenta além do desastre, a história do deputado federal Rey Naldo (Luciano Chirolli) e o modo como ele trata o assunto no Congresso Nacional. 

 
Desastre de Mariana 

 

O rompimento da barragem do Fundão, em 5 de novembro de 2015 deixou 19 mortos e 165 mil desabrigados. O desastre contaminou ainda o Rio Doce, afetando cidades de Minas Gerais e os municípios do Espírito Santo, Baixo Gandu, Colatina e Linhares.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade