Publicidade

Correio Braziliense

Orkut recorre ao Twitter para usar o Tinder: entenda essa confusão viral

O criador da rede social Orkut, o turco Orkut Buyukkokten, pediu ajuda no Twitter depois de ter sido bloqueado ao tentar usar o Tinder no Brasil


postado em 15/08/2019 14:20 / atualizado em 15/08/2019 14:36

(foto: Reprodução/Facebook )
(foto: Reprodução/Facebook )
Um caso incomum chamou a atenção na internet nesta quinta-feira (15/8). Isso porque o engenheiro de software turco Orkut Buyukkokten, criador da rede social Orkut, muitíssimo popular no começo dos anos 2000, teve de pedir ajuda no Twitter para conseguir usar o Tinder no Brasil. 

 

Em uma mesagem no microblog, Orkut explicou que está em Porto Alegre e que, ao tentar usar o Tinder na cidade, teve uma surpresa desagradável: muitos usuários acharam que se tratava de uma conta falsa e passaram a denunciá-lo para o aplicativo de relacionamento. Como resultado, ele acabou bloqueado, justo enquanto estava "no meio de uma conversa, fazendo novos amigos".

 

"Alguém tem o contato do Tinder? Eu estou em Porto Alegre no Brasil. Alguns usuários pensaram que minha conta fosse fake e me denunciaram. Tinder bloqueou minha conta. Eu estava no meio de uma conversa com pessoas, fazendo novos amigos", explicou Orkut no Twitter. 

 

 

Campanha por namoro

Em pouco tempo, uma campanha viralizou: "Tinder, deixa o Orkut namorar". Brasileiros começaram a marcar o aplicativo de relacionamentos no microblog para tentar chamar a atenção da empresa e fazer com que o engenheiro tenha direito a se relacionar com outras pessoas na cidade. 

 

Veja algumas das reações no microblog: 

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade