Publicidade

Correio Braziliense

Animações japonesas tomam conta de Brasília na mostra 'Anime' no CCBB

Na mostra, além dos filmes, a programação contará com apresentações de cosplay (fantasias de personagens), jogos, atividades populares entre adeptos da cultura geek, exposição de quadrinhos e mangás


postado em 20/08/2019 06:01

Cena do filme Akira(foto: Anime: O fantástico mundo das animações japonesas/ Divulgação)
Cena do filme Akira (foto: Anime: O fantástico mundo das animações japonesas/ Divulgação)

A distância entre o Brasil e o Japão é grande, mas a mostra Anime: O fantástico mundo das animações japonesas, que será realizada no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), buscou diminuir essa escala com a exibição de animes clássicos do cinema. Os desenhos nipônicos fizeram e fazem parte da vida de muita gente. Assim, a brasiliense Juliana Melo, 30 anos, idealizou a mostra que começa nesta terça-feira (20/8).

“Eu cresci assistindo a esses desenhos na televisão. Eu assistia muito a Dragon ball, Sakura, Pokémon e, desde então, eu tenho muito carinho por essas animações em especial. Eu acredito que a produção japonesa é uma das mais fantásticas do mundo”, diz a curadora do evento, Juliana Melo.

Clássicos da cultura oriental, os animes representam uma das expressões mais intensas e conhecidas da cultura japonesa, sendo responsáveis pelo reconhecimento do país a nível mundial. Na mostra, além dos filmes, a programação contará com apresentações de cosplay (fantasias de personagens), jogos, atividades populares entre adeptos da cultura geek, exposição de quadrinhos e mangás.

Até quem não está familiarizado com a temática tem espaço na Anime: O fantástico mundo das animações japonesas. “Há muitas pessoas interessadas e pode ser esclarecedora para os que têm algumas dúvidas sobre o que é um anime. Vamos mostrar para o público que não conhece os potenciais dos filmes. É muito importante abraçar os otakus (fãs de animes e mangás) também, que é um grupo crescente aqui no Brasil”, pontua a idealizadora.

Engana-se os que acham que estas animações são voltadas apenas para o público infantil. Os mais velhos poderão desfrutar de todas as atividades programadas. “Será uma experiência legal para a família. Alguns filmes apelam para um público mais infantojuvenil e outros para um público mais adulto, tanto pelas “lições” quanto pelo sentimento nostálgico”, afirma a curadora.

Gêneros


O evento exibirá 17 produções audiovisuais, divididas entre os gêneros de ação, aventura, ficção científica e comédia, como 5 centímetros por segundo (Makoto Shinkai), Akira (Katsuhiro Ôtomo), As memórias de Marnie (Hiromasa Yonebayashi) e Páprika (Satoshi Kon). No entanto, o destaque fica por conta das exibições ao ar livre dos filmes Pokémon: O Filme 2000 e Pokémon 3: O feitiço dos Unown. A transmissão das obras da franquia de Pokémon serão acompanhadas de dublagens ao vivo. Os dubladores Fernanda Bullara e Glauco Marques protagonizarão esse momento nos dias 29 de agosto e 1 de setembro. 

O contato de Fernanda Bullara com o universo dos animes começou de forma espontânea. A dubladora conheceu a temática por meio dos trabalhos. “Fui conhecendo mais esse mundo que é tão diferente e legal. Eu fiz eventos de animes em vários estados brasileiros”, relembra.

A grande diferença dos desenhos ocidentais para os animes é a batida labial. Às vezes, a produção está em japonês, e os dubladores se guiam muito pelo original. É muito gostoso e é uma língua muito diferente”, pontua a profissional.

*Estagiária sob supervisão de Igor Silveira

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade