Publicidade

Correio Braziliense

Clube do Choro recebe o músico brasiliense Bernardo Bittencourt

O artista trará músicas turcas, árabes, brasileiras e composições autorais


postado em 10/09/2019 18:47 / atualizado em 10/09/2019 18:47

Bernardo Bittencourt(foto: Nina Quintana/Divulgação)
Bernardo Bittencourt (foto: Nina Quintana/Divulgação)
O músico e professor instrumentista Bernardo Bittencourt apresenta na próxima quarta-feira (11/9), a partir das 21h, no Clube do Choro, o seu show de jazz que contém músicas bastantes diversificadas para a alegria dos brasilienses. No repertório, há sons turcos, árabes, brasileiros e composições próprias. Os ingressos custam R$ 20,00 (meia) e R$ 40,00 (inteira) e podem ser adquiridos na bilheteria do local ou pelo site.

 

Com o estilo musical voltado para o Oriente Médio, Bittencourt disse ao Correio que o show foi pensado e idealizado para apresentar ao público brasileiro as conexões da música étnica, trazendo na visão dele, "uma viagem a varias paisagens sonoras de diferentes culturas e épocas num contexto contemporâneo".

 

Além de tocar e dar aulas, ele estudou na Turquia, Líbano e Egito, onde se especializou nos sistemas musicais tradicionais de cada um. Ainda foi convidado duas vezes pelo governo de Azerbaijão para se especializar no estilo etno jazz.

 

Questionado sobre a importância da música na sociedade, o professor, que teve inspiração em Vill- Lobos e Anouar Brahem, contou que para se ter um país mais digno, é preciso ter uma atenção mais que especial no setor artístico. "A arte como um todo precisa de uma atenção mais que especial se queremos construir um país mais justo. Acredito que a música tem o poder de despertar a intuição do ser humano para valores que tanto fazem falta nos dias de hoje. Acho que música é mais que educação, é um verdadeiro remédio para nossa sociedade enferma", ponderou.  

 

No show, Bernardo tocará alaúde (oud) e será acompanhado dos artistas Alexander Raichenok (piano e sax), Sandro Souza (bateria) e Igor Diniz (contrabaixo), além de receber convidados especiais na noite.

 

 

*Estagiário sob a supervisão de Roberto Fonseca

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade