Publicidade

Correio Braziliense

Sandra Annenberg vai às lágrimas em despedida emocionante do Jornal Hoje

Depois de 18 anos à frente da bancada do jornal vespertino, jornalista passa o bastão para Maria Júlia Coutinho, a Maju


postado em 13/09/2019 16:07

(foto: Globo/ Fábio Rocha)
(foto: Globo/ Fábio Rocha)
Comoção, despedida e boas-vindas. Sandra Annenberg, em seu último dia como âncora do Jornal Hoje, telejornal que comandou 18 anos - 16 deles seguidos, não segurou a emoção e encheu os olhos de lágrimas ao se despedir dos telespectadores nesta sexta-feira (13/9), diante da sucessora Maria Júlia Coutinho, a Maju.

Ao final do Jornal Hoje, o programa exibiu uma retrospectiva de quase duas décadas inspirada na trajetória da jornalista. Maju, que tem estréia prevista como titular do JH para o dia 30, aparece um pouco antes para desejar boa sorte para Sandra. Na próxima semana, o Jornal Hoje será apresentado por Márcio Gomes.

Apesar do ‘adeus’, quem se acostumou a ver a jornalista no horário de almoço poderá assisti-la às sexta-feiras, às 22h20, à frente do Globo Repórter. Sandra irá ocupar o lugar de Sérgio Chapelin, que se aposentará da TV. Glória Maria também fará parte do programa.

“Hoje encerro um longo e lindo ciclo. Tive o privilégio de narrar alguns dos principais acontecimentos do Brasil e do mundo em tempo real, ao vivo, ao longo desses anos. Costumo dizer que o JH é o telejornal do gerúndio, tudo ‘está acontecendo’ enquanto estamos no ar. Sempre foi muito emocionante, os nervos à flor da pele, o coração na boca. Não é fácil dizer adeus. Amo esse jornal e essa equipe. Juntos, levamos ao telespectador um belo trabalho. Adoro a cumplicidade que criamos com o público, o olho no olho. Só tenho a agradecer pela companhia ao longo desta trajetória (..) Está na hora de trilhar um novo caminho e já estou com frio na barriga com o desafio que vem por aí. Rumo ao ‘Globo Repórter’ para mais uma aventura aos 51 anos de idade. Só tenho a agradecer à vida e ao público que me acompanha nesta jornada. Obrigada pela parceria e que continuemos juntos”, disse Sandra Annenberg em nota.

Coutinho também se emocionou ao receber de Sandra a “cadeira” de âncora do JH: “É uma honra e uma responsabilidade enorme assumir  a bancada que Sandra comandou por todos esses anos com competência, comprometimento e profissionalismo. Quando, no ano passado, Sandra disse que eu poderia ser sua sucessora, achei que ela estava apenas massageando meu ego. Ver isso acontecer agora é gratificante”.

Diante da despedida comovente, vários usuários do Twitter se manifestarem na rede social, desejando boa sorte à jornalista na nova trajetória.
 
 
 
 
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade