Publicidade

Correio Braziliense

Blues, rock e rat bikes marcam encontro de motociclistas em São Sebastião

1º Encontro de Motociclistas Independentes de São Sebastião conta com shows dos Cascavelhos e Marcius Cabral Trio


postado em 13/09/2019 18:02 / atualizado em 13/09/2019 18:03

A banda Cascavelhos, ligada à cultura das rat bikes, é uma das atrações do 1º Encontro de Motociclistas Independentes de São Sebastião: blues, rock, moto e natureza(foto: Cascavelhos/Divulgação)
A banda Cascavelhos, ligada à cultura das rat bikes, é uma das atrações do 1º Encontro de Motociclistas Independentes de São Sebastião: blues, rock, moto e natureza (foto: Cascavelhos/Divulgação)
Neste sábado (14/9) começa o 1º Encontro de Motociclistas Independentes de São Sebastião. O evento começa a partir das 22h, e vai até o dia seguinte. É o que garante a produtora e DJ Karla Ramalho: "É um encontro de motociclistas independentes. É uma galera que gosta de andar de moto, independentemente de motoclubes. É democrático: todos podem vir"  


A proposta do evento é aliada à visão dos rat bikers (ou rat boys), motociclistas que gostam de motos antigas, bastante deterioradas, mas em condições mínimas de funcionamento, ou de customizar as próprias motos. Acima de tudo, o rat biker preza pela liberdade individual. "Rat bike é uma ideia de motocilista sem motoclube, uma galera apaixonada por moto, por rock'n'roll, por estrada, mas, necessariamente, não são motoclubistas. Eles levam a filosofia de ser eles mesmos: não precisam ser de motoclube para ser do rolê do motociclismo", conceitua Karla. 

 

Realizado na área rural de São Sebastião, no Rancho Country do Wolney, o evento contará com shows das bandas sansebastianenses Cascavelhos e Marcius Cabral Trio, com muito blues e rock'n'roll, discotecagem de Karlinha Ramalho, jam sessions, fogueira e área de camping. "É um rolê para ficar à vontade, sem se preocupar. Poder tocar a noite interia, ouvir rock, blues, e confraternizar", garante.

 

O encontro começa às 22h, com ingressos a R$ 5 (sem camping) e R$ 10 (com camping). Motociclistas não pagam para entrar, mas passageiros na garupa pagam. Às 21h, sairá um comboio em direção do evento, partindo do Sarau das Sebastianas, no Parque Ambiental do Bosque de São Sebastião. Não recomendado para menores de 18 anos. Mais informações em https://www.facebook.com/events/331476081092705/

 

Rat Bike

 

John Viking, vocalista, fundador e compositor da banda Cascavelhos, é adepto da cultura rat bike há muitos anos. Começou customizando as próprias motocicletas, mas teve contato com o conceito por meio de um velho amigo, com quem compartilhava a paixão por old school choppers, um outro estilo de customização de motos. "Ele me mostrou imagens de algumas rat brasileiras. Como a criatividade já morava em mim, não fiquei só na observação, e comecei a fazer projetos baseados no que vi, com meu toque. Mas um rat biker já tem essa loucura em sua essência. Antes de conhecer o ideal, eu já o pertencia", conta Viking. 

 

"Rat bike nada mais é do que a simplicidade no motocilismo independente. Mistura custumização e arte, baseado no ideal de motocicletas em bom funcionalmento, mas com aparência insana que vem da criatividade de quem a custumizou. É independência, criatividade, e improviso na customização", define o músico. Rat bike, a propósito, é o nome de uma das principais músicas da banda. "O nosso rock'n'roll veio do motociclismo", explica Viking. 

 

*Estagiário sob supervisão de Adriana Izel 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade