Publicidade

Correio Braziliense

Mostra Brasília do Festival de Cinema será patrocinada pelo BRB

A premiação substitui o prêmio Câmara Legislativa, cancelado nesta edição


postado em 13/09/2019 17:30 / atualizado em 13/09/2019 17:36

Paulo Henrique Costa (presidente do BRB), Adão Cândido (secretário de Cultura do DF) e Francisco Almeida (Instituto Alvorada) anunciando a nova premiação(foto: Rodrigo Rodrigues/Secec-DF)
Paulo Henrique Costa (presidente do BRB), Adão Cândido (secretário de Cultura do DF) e Francisco Almeida (Instituto Alvorada) anunciando a nova premiação (foto: Rodrigo Rodrigues/Secec-DF)

 
Pela primeira vez, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro terá a Mostra Brasília BRB de Cinema. A nova premiação substitui a Mostra Brasília, segmento local que era patrocinado pela Câmara Legislativa e foi cancelado neste ano. O Troféu Câmara Legislativa era tradição do festival desde 1996. 

Exclusiva para produções locais, a mostra patrocinada pelo BRB está com inscrições abertas a partir desta sexta-feira (13/9) até 30 de setembro. No total, serão R$ 150 mil em premiação. As disputas serão dos dias 25 a 29 de novembro. 

O evento também traz outras novidades. O secretário de Cultura do Distrito Federal, Adão Cândido, anunciou que a 52ª edição do festival terá foco maior no mercado, na indústria, na técnica e nas tecnologias dos setores do audiovisual e de entretenimento. 

"O festival está crescendo e atraindo olhares. Vamos investir nisso, com outras parcerias em outras áreas do evento, porque o nosso foco é tornar esse o principal festival da indústria do cinema do Brasil", afirmou o secretário. 

O secretário também anunciou que o prazo para as inscrições na mostra competitiva, que encerraria nesta sexta-feira (13) foi adiado para 17 de setembro, a próxima terça-feira. A medida é uma resposta ao possível cancelamento do Festival do Rio, anunciado na quinta-feira (12) no Facebook do evento. "Queremos acolher e expandir as produções que possivelmente vão migrar do Rio para tentar Brasília", disse Adão. 

Até o momento, são 124 longas e 225 curtas na disputa. As inscrições podem ser feitas no site www.festivaldebrasilia.com.br. A divulgação de todas as parcerias e da curadoria será em 23 de outubro. O secretário confirmou que o júri escolhido vai respeitar a diversidade de gênero e opiniões. 

Tradição


O festival é o mais antigo do gênero no país. Criado em 1965, já está na quarta geração de espectadores. Mesmo sendo da década de 1960, o primeiro vencedor brasiliense de um Troféu Candango (melhor filme) foi apreciado somente na 10ª edição do evento. Pedro Jorge de Castro recebeu o prêmio pela obra Brinquedo popular do Nordeste. 

Preocupado com o foco e a importância do evento, o professor da Universidade de Brasília e cineasta ressaltou que a formação da mão de obra da indústria cinematográfica é primordial. “Nem só de técnica se vive o cinema. Não é porque os equipamentos ficaram mais tecnológicos que o cinema vai ficar melhor. A mão de obra bem formada é o principal”, argumenta. 


Premiação Mostra Brasília BRB 


Prêmios do Júri Oficial
Melhor longa-metragem: R$ 50 mil;
Melhor curta-metragem: R$ 30 mil;
Melhor direção: R$ 8 mil;
Melhor ator: R$ 4 mil;
Melhor atriz: R$ 4 mil;
Melhor roteiro: R$ 4 mil;
Melhor fotografia: R$ 4 mil;
Melhor montagem: R$ 4 mil;
Melhor direção de arte: R$ 4 mil;
Melhor edição de som: R$ 4 mil;
Melhor trilha sonora: R$ 4 mil. 

Prêmios do Júri Popular
Melhor longa-metragem: R$ 20 mil; 
Melhor curta-metragem: R$ 10 mil. 

*Estagiária sob supervisão de Adriana Izel

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade