Publicidade

Correio Braziliense

Brasiliense é um dos vencedores do Prêmio Marcantonio Vilaça

Criado há 15 anos, o prêmio é um dos mais tradicionais das artes visuais


postado em 13/09/2019 19:13 / atualizado em 13/09/2019 19:27

Obra 'Bananeira, Facão e Rede' de Dalton Paula(foto: Agência Galo/Divulgação)
Obra 'Bananeira, Facão e Rede' de Dalton Paula (foto: Agência Galo/Divulgação)

Criado há 15 anos pelo Sesi e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Prêmio Indústria Nacional Marcantonio Vilaça anunciou, na noite da última quinta-feira (12/9), os vencedores da sua 7ª edição. Entre os cinco contemplados, está Dalton Paula, artista nascido em Brasília e que vive e trabalha em Goiânia. 
 
Com trabalhos que transitam por pintura, objeto, instalação, performance, fotografia e vídeo, Dalton faz uma interpretação crítica de acontecimentos históricos e cotidianos. Também tangencia questões afro-brasileiras. 
 
Além do brasiliense, completam o time de vencedores: Aline Motta (RJ), Dora Longo Bahia (SP), Ismael Monticelli (RS) e Rodrigo Bueno (SP). Cada artista vai receber uma bolsa de R$ 50.000 e poderá contar com o acompanhamento profissional de um curador de arte por um ano. A banca avaliadora foi composta por Daniela Bousso, Denise Mattar, Fabio Szwarcwald, Moacir dos Anjos e  Paulo Herkenhoff. 

 
Exposição 

Obra 'Azul por tu' de Raquel Nava(foto: Agência Galo/Divulgação)
Obra 'Azul por tu' de Raquel Nava (foto: Agência Galo/Divulgação)
O júri também selecionou obras dos 30 finalistas do prêmio para uma exposição inédita que abre ao público nesta sexta-feira (13/9) no Museu de Arte Brasileira (MAB FAAP), em São Paulo. Obras da brasiliense Raquel Nava integram a mostra que fica em cartaz até 20 de outubro.
 
 

Paralelamente, serão exibidas obras de mais de 11 artistas do Projeto Arte e Indústria. Nesta edição, ele homenageia Anna Bella Geiger e reúne nomes como Brígida Baltar, Carlos Mélo, Cristina Canale, Frida Baranek, Karin Lambrecht, Leda Catunda, Nelly Gutmacher, Paola Junqueira, Rosângela Rennó e Walmor Correa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade