Publicidade

Correio Braziliense

Documentário de Jorge Bodansky estreia em Bruxelas em 23 de setembro

'Ruivaldo, o homem que salvou a Terra' é parte de uma série de lançamentos do projeto Documenta Pantanal


postado em 19/09/2019 17:40 / atualizado em 19/09/2019 17:40

(foto: João Farkas/Divulgação)
(foto: João Farkas/Divulgação)

Ruivaldo Nery de Andrade, o ribeirinho que lutou para salvar os rios, também é o nome e o protagonista do documentário de Jorge Bodansky sobre o Pantanal. A pré-estreia da produção está marcada para 23 de setembro, no Musée des Sciences Naturelles — Institut Royal e Fundo Leopoldo III, em Bruxelas.

O convite para o lançamento internacional veio da Princesa Esmeralda, presidente do Fundo Leopoldo III. A organização trabalha pela preservação ambiental e leva o nome do pai da princesa, o falecido rei da Bélgica.
 
Em Ruivaldo, o homem que salvou a Terra, as imagens trazem a luta do pantaneiro e sua família — apaixonados pelo bioma — pela preservação da terra e das águas do Rio Taquari, degradado pelo assoreamento.

Com 46 minutos de duração, a obra foi produzida entre março de 2018 e agosto deste ano. Após a estreia internacional, o documentário será exibido em escolas e festivais, com destaque para Corumbá e Campo Grande.

O filme faz parte do projeto Documenta Pantanal, que irá lançar outras fotografias, livros e filmes com essa temática. Luciano Candisani, Araquém Alcântara e Paulo Machado são alguns dos nomes que integram o programa.
 

Ficha técnica de Ruivaldo, o homem que salvou a Terra:

Direção, fotografia e roteiro: Jorge Bodanzky
Codireção e fotos: João Farkas
Produção: Mônica Guimarães
Roteiro e edição: Bruna Callegari
Música original: Marcelo Pellegrini
Som direto: David Pennington
Operador de drone: Silas Ismael
Consultoria: Sandro Menezes Silva
Patrocínios: Lei de Incentivo à Cultura, Rodobens, Ultra e Klabin
Realização: Mog Produtora, Secretaria Especial da Cultura e Ministério da Cidadania

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade