Publicidade

Correio Braziliense

Gilberto Gil reúne milhares em Brasília para show da turnê 'Ok ok ok'

O cantor e compositor baiano apresentou músicas do álbum homônimo e também animou a plateia com sucessos antigos


postado em 12/10/2019 23:45 / atualizado em 13/10/2019 09:10

(foto: Paulo Henrique Cruz/divulgação)
(foto: Paulo Henrique Cruz/divulgação)
Gilberto Gil encantou as três mil pessoas que lotaram o auditório master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães na noite deste sábado (12/10), com o show 'Ok ok ok'. Dos oito músicos que o acompanham em turnê, três são filhos: o guitarrista Bem, o baterista José e a backing vocal Nara.

 

A apresentação teve momentos distintos. Inicialmente, o artista baiano interpretou canções do álbum homônimo, como Sereno, Prece e Sol de Maria e a que dá título ao show. A obra mais recente de Gil foi interpretada em um clima reflexivo: o disco 'Ok ok ok' foi lançado após o cantor superar problemas de saúde. A canção Kalil é, inclusive, uma homenagem ao médico que cuidou do artista.

 

Mesmo sem conhecer bem esse repertório composto por músicas mais recentes, os espectadores foram sempre receptivos e aplaudiram Gil ao término de cada número. 

 

A segunda parte do show, iniciada com Tocarte, foi mais dançante. Depois vieram Pro dia nascer feliz, de Cazuza e Frejat; Marginália II, que remete ao movimento tropicalista; Que bloco é esse, do Ilê Ayê; e Nossa gente (avisa lá), do Olodum. Nesse momento, Gil falou da importância dos blocos afro: "Esses dois blocos contribuíram decisivamente para a afirmação do movimento negro na Bahia". 

 

Ao voltar para o bis, em que cantou Extra e Maracatu atômico, Gil tinha à sua frente boa parte do público, que fez coro com ele. Um militante do PT, Ademário Nogueira, subiu ao palco com uma faixa 'Lula Livre' e abraçou Gilberto Gil. Rapidamente, Gil disse: "Tenho muito respeito pelo ex-presidente, que em breve estará solto".  

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade