Publicidade

Correio Braziliense

Festival de Cinema do Paranoá reúne filmes de todo o país na 3ª edição

Os 62 curta-metragens celebrarão os 62 anos da cidade


postado em 21/10/2019 18:21 / atualizado em 21/10/2019 19:27

Imagem do filme 'Lily's hair', de Raphael Gustavo da Silva, um do exibidos(foto: Diego D'Ascheri/Divulgação)
Imagem do filme 'Lily's hair', de Raphael Gustavo da Silva, um do exibidos (foto: Diego D'Ascheri/Divulgação)
Animações, documentários, filmes experimentais, ficção. O 3º Festival de Cinema do Paranoá vai apresentar 19 curtas do Distrito Federal e Entorno e outros 43 do restante do país. A mostra vai ser realizada na cidade, em comemoração ao aniversário (25/10), de 21 a 27 de outubro.
 


Gênero, raça e classe são algumas das temáticas trabalhadas. O evento conta com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito federal (FAC-DF), de instituições e empresas brasilienses.

Confira os filmes selecionados:

A Guitarra e o Plebeu (RJ), de Breno Soares
A parteira (RN), de Catarina Doolan
Acesso a blue line (SP), de Daniel Torres
Arte a Metro (RJ), de Thiago Magalhães
Barbas de Molho (PE), de Eduardo Padrão e Leanndro Amorim
Boi (SP), de Lucas Bettim e Renan Carvalho
Bolha (PE), de Mateus Alves
Dôniara (GO), de Kaco Olimpio
Enraizada (PE), de Tiago Delácio
Entremarés (PE), de Anna Andrade
Geni (SP), de Cecilia Engels
Imagens de um Sonho (SP), de Leandro Olimpio
Interrogação (ou Psicopata Legalizado) (SP), de Moisés Pantolfi
Macaco albino: Siso (SP), de Leandro Robles
Mauro (DF), de João Gabriel Caffarelli
Megg — A Margem que Migra para o Centro (PR), de Larissa Nepomuceno e Eduardo Sanches
Número um (SP), de Marcela Akaoui
O calendário (SP), de Val Rocha
O grande amor de um lobo (RN), de Kennel Rogis e Adrianderson Barbosa
Onze minutos (BA), de Hilda Lopes Pontes
Outra etapa (SP), de Rachel Hidalgo
Piu piu (PE), de Alexandre Figueirôa
Prefiro não ser identificada (RJ), de Juliana Muniz
Quando a Chuva Vem? (PE), de Jefferson Batista
Raskolnikov (SP), de Moisés Pantolfi
Santa (MG), de Marco Andrade
Santinhos (SP), de Melquior Brito e Rosana Borges Silva
Sopro (RJ), de Saulo Pinheiro
Tempo (BA), de Victor Uchôa
Um Café e Quatro Segundos (RJ), de Cristiano Requião
Vestido de Azul (SP), de Diany de Jesus
Vidas cinzas (RJ), de Leonardo Martinelli
A Incrível Máquina Inútil (DF), de Bárbara Sant'anna
A Praga do Cinema Brasileiro (DF), de William Alves e Zefel Coff
Cão Maior (DF), de Filipe Alves
De Mim Para Você (DF), de Rodrigo Peres
Dona Zefinha — 93 Anos de Caminhada (DF), de Cícero Fraga e Alan Schvarsberg
Escola Sem Sentido (DF), de Thiago Foresti
Estranho Animal (DF e MG), de Arthur B. Senra
Imery Xuatibâ Adopâdobâry / Meu Filho Perdido Voltou (MT e DF), de Leticia Amorin
Martinha do Coco - Caminhos do Paranoá (DF), de Cícero Fraga e Alan Schvarsberg
Paredes Clandestinas (DF), de Ana Carolina Nicolau
Riscados Pela Memória (DF), de Alex Vidigal
Broto (RJ), de Antonio Teicher
Que Som Tem A Distância? (RS), de Marcela Schild
Rebento (BA), de Vinicius Eliziario
Clepto (RJ), de Ane Hinds
Presa (SP), de Letícia Kamiguchi
Permutável (MG), de Renan Távora Soares
Sou Pietra (SP), de Eric Patrick Rizzini e Nicole Zadorestki Caroti
Corpos Vermelhos (SP), de Lucas Sampaio
O Cinema Que Não Se Vê (GO), de Erik Ely
Alguém na Janela (SP), de Aksa Lima
Lily's hair (GO), de Raphael Gustavo da Silva
Sinal vermelho: A arte de rua pede passagem (SE), de Cariolando dos Santos
A Casa Assombrada de Amélio Pontes (DF), Danyel Ramos Galvão
A Reunião (DF), de Pedro Miguel
A Turma da Limpeza (GO), de Sofia Garcia
Bill Cova Rasa (DF), Pedro Igor e Pedro Victor
Chocolate (DF), de Leandro Salu
O Jogo do Ensino (DF), com direção coletiva

Serviço

3ª edição do Festival de Cinema do Paranoá

Em escolas, ruas e no Centro de Desenvolvimento e Cultura do Paranoá — CEDEP (Q. 9, cj. D, área especial 1, Paranoá), desta segunda (21/10) a domingo (27/10). Entrada franca.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade