Publicidade

Correio Braziliense

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para esta terça (22)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta terça-feira, 22 de outubro, de acordo com cada signo


postado em 22/10/2019 06:00

Horóscopo do dia, 22 de outubro(foto: Stan Honda/AFP; CB)
Horóscopo do dia, 22 de outubro (foto: Stan Honda/AFP; CB)

O tudo que é nada

Data estelar: Lua míngua em Leão

 

Ao passo que nossa humanidade deixa de se indignar e reagir aos acontecimentos produzidos diariamente por aqueles que detêm o poder em suas mãos, eles e elas se sentem autorizados a puxar ainda mais os limites da legalidade, da moralidade e da ética. Bem-vinda seja tua alma ao mundo falido em que existimos! Dia a dia são tantas más notícias que alertam sobre o decaimento moral e, ao mesmo tempo, continuamos todos tendo de correr atrás do mínimo para pagar nossas contas que, afinal, encolhemos os ombros, afirmamos que isso seja assim mesmo e tentamos continuar em frente. Os modelos propostos pela educação cívica e religiosa isolam nossa humanidade em pequenos ou grandes grupos que se voltam uns contra os outros em busca de hegemonia. Apesar do barulho, tudo isso é nada, é poeira insignificante.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Será necessário tomar algumas atitudes atrevidas, porque só assim as coisas vão desempacar completamente, saindo do estado de potencialidade e se convertendo em obras em andamento. Ninguém melhor que você.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Conviver com as pessoas que você quer ver pelas costas, esse é um exercício que estimula a diplomacia e a capacidade de tolerar a diversidade de opiniões. Talvez pareça impossível, mas é o necessário. Em frente.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Excesso de ofertas pode ser tão nocivo quanto a falta dessas. Neste momento, o cenário se mostra muito fértil em potencialidades, mas não vai dar para você abraçar tudo, é necessário escolher, e o fazer com sabedoria.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7) 

Dizem que não se pode fazer tudo que se quer, porém, a alma não perde a confiança em seus desejos e, quando esses surgem, a urgência não se importa com obstáculos e contratempos. Procure testar o alcance de seus desejos.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Procure se rodear das pessoas com que sinta segurança e confiança. Ainda que essas virtudes sejam difíceis de encontrar, você verá que ao seu redor essas se encontram disponíveis. Aproxime-se a essas pessoas, isso sim.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Quando há muito barulho em torno de assuntos que não mereceriam, chega a hora de tomar distância para não entrar na roda da banalização. Em silêncio, espere por um momento melhor para expressar suas opiniões, isso sim.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Alguns assuntos apresentam resultados positivos e isso se torna um alívio, porque nas semanas anteriores o panorama tinha se mostrado complexo demais para ser administrado com sabedoria. É um alívio, mas dá trabalho.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Aos poucos, bem aos poucos, você começa a sair das limitações e constrangimentos. Procure, porém, entender a necessidade de isso acontecer em capítulos, sem precipitações que provocariam atrasos indesejáveis.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Há coisas que precisam ser feitas, ainda que não seja esse seu desejo. Sua natureza só conhece a regra de seguir em frente e apostar na aventura, mas neste momento começa o tempo em que seria melhor recuar e esperar.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Compartilhar as decisões com outras pessoas é um cenário complexo, porém, enriquecedor, porque se você continuasse em frente se apoiando apenas em seu conhecimento, tudo seria apenas um pouco mais do mesmo de sempre.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Com ajuda ou sem ela, continue em frente. Seria tudo melhor se você conseguisse angariar ajuda, e se para isso você tiver de esbanjar simpatia, não se poupe, siga em frente, porque com ajuda tudo é mais divertido.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

Os acontecimentos se precipitam e tudo adquire uma velocidade inusitada. É hora de manter a cabeça no devido lugar para que as rédeas continuem em suas mãos, detendo mínimo domínio sobre o desenrolar dos acontecimentos. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade