Publicidade

Correio Braziliense

Documentário 'Bixa travesty' estreia em Brasilia em 21 de novembro

Produção foca nas performances e em momentos íntimos e afetivos da atriz, cantora e performer Linn da Quebrada


postado em 07/11/2019 21:48 / atualizado em 07/11/2019 21:48

Longa apresenta Linn em cenas com a família, amigos e em shows (foto: Carolina Viana/Divulgação)
Longa apresenta Linn em cenas com a família, amigos e em shows (foto: Carolina Viana/Divulgação)

 

Com o foco em Linn da Quebrada, o documentário Bixa Travesty, produção dirigida por Claudia Priscilla e Kiko Goifman, apresenta assuntos contemporâneos de uma forma original e entra em cartaz nos cinemas de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, e Curitiba em 21 de novembro. Quem assina a produção é o Canal Brasil e a distribuição é de Spcine e da Arteplex Filmes

 

O longa apresenta, além das performances de Linn, cenas gravadas em estúdios de rádio, momentos na própria casa com amigos e familiares, no hospital tratando um câncer ou nas ruas, proporcionando ao público registros íntimos e afetivos. O elenco do documentário é composto pela mãe de Linn, a amiga e parceira Jup do Bairro, Liniker e As Bahias e a Cozinha Mineira. 

 

Sobre a participação de Linn da Quebrada na produção criativa do projeto, os diretores explicam a importância das decisões da atriz e cantora para a própria representação. “Achamos importante que ela pudesse decidir como seria ‘retratada’ numa narrativa fílmica. Juntos desenvolvemos um roteiro que atravessa as bordas do cinema documental, utilizando elementos ficcionais para o filme. Além disso, criamos uma dinâmica que estimulava uma produção contínua de ideias ao longo das filmagens”, declaram Claudia e Kiko, em material de divulgação. 

 

Com humor, Linn define o papel: "Esse lugar que eu estou, essa invenção, é o lugar que eu chamo de bixa travesti. É uma travesti, é feminino, mas também tem um lugar de bixa, que não é uma mulher. É um lugar de bixa travesti". 

 

Confira o trailer do documentário:

 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade