Publicidade

Correio Braziliense

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para esta sexta (8)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta sexta-feira, 8 de novembro, de acordo com cada signo


postado em 08/11/2019 06:00

Horóscopo desta sexta-feira, 8 de novembro(foto: Stan Honda/AFP; CB)
Horóscopo desta sexta-feira, 8 de novembro (foto: Stan Honda/AFP; CB)

O resto que se exploda

Data estelar: Sol e Saturno em sextil se relacionam com Netuno; Lua cresce em Áries

 

O tesouro de nossa humanidade reside nas ações conjuntas, no estreitamento dos laços, na comunhão de interesses, porque, não importa quais ou quão profundas sejam as diferenças de estilos, visões e procedimentos, há questões cruciais de nossa humanidade que só se solucionam em conjunto: a miséria, a fome, a injustiça social. Não importa de que lado venham as razões da divisão que impedem o trabalho em conjunto, elas vêm do presidente dos Estados Unidos, do líder jihadista, do ser humano vaidoso que atropela as pessoas para garantir estar sempre com a vantagem, dos russos que semeiam desinformação, todos os divisionistas trabalham em conjunto, se odeiam entre si, mas comungam na mesma ação, por isso, tão poderosa. E o resto que se exploda!

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

A sensação de tudo estar no lugar certo e funcionando há de ser combinada com ações simples, porém, eficientes, para que tudo continue sendo uma marcha de progresso, em vez de sua alma se enredar em fantasias impertinentes.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

O jogo ficou evidente, porém, suas ações pertinentes a esse jogo precisam ser discretas, tanto que as outras pessoas não as percebam, a não ser que elas também estejam sintonizadas com você. Vale a pena jogar, isso sim.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Alguns esforços compensam, outros vão parar na gaveta das emoções ressentidas, porque provocaram ingratidão, quando deveria ter havido mínimo reconhecimento. Tudo faz parte, seguir em frente é a melhor decisão.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Neste momento os pesares e contratempos não hão de ser a nota dominante que oriente seus passos e atitudes. Pelo contrário, a despeito de tudo e de todos, faça você o que lhe der na telha e o mundo que se exploda.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Apesar de você tomar cuidado para que tudo seja feito com ordem e organização, mesmo assim chegará o momento em que sua alma se lançará ao galope na direção do que lhe entusiasma. A experiência é assim, tudo junto.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

O bom trato entre as pessoas é fundamental, porém, este é um momento de natureza prática. Isso significa que a cordialidade há de reverter em movimentos concretos, decisões postas em prática com rapidez. Isso sim.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Buscar ajuda e colaboração pode ser um movimento ingrato, não porque não se estendam mãos amigas na sua direção, mas porque depois o gesto não se mostraria verdadeiramente efetivo. Gestos não são ações efetivas.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Comece a ensaiar atitudes que imprimam com vigor o rumo dos acontecimentos. Porém, tenha ciência de que, ainda, você não está com essa bola toda para mandar e desmandar. Isso é algo que precisa de amadurecimento.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Continua tudo bastante estranho e, por isso, seria melhor você não se precipitar na direção de nada, nem mesmo pela necessidade de aliviar a tensão interna que sua alma suporta. Continue observando e investigando.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Agora é um bom momento para concluir o que estiver em andamento para, assim, ficar com tempo livre e se vincular a outros assuntos, especialmente àqueles que têm sido protelados, por falta de tempo.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Este é o momento em que tudo está em seu devido lugar, aguardando por um movimento seu que indique iniciativa e atrevimento. Assim, a energia da vida e as circunstâncias seguirão o sentido que você lhes imprimir.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

De nada vale ter razões poderosas que justifiquem seus atos, a não ser que você os coloque em marcha. Muita teoria e pouca prática, é assim que vai sendo construída de forma meticulosa a infelicidade. Coisa de todo dia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade