Publicidade

Correio Braziliense

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para esta terça (12)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta terça-feira, 12 de novembro, de acordo com cada signo


postado em 12/11/2019 06:00 / atualizado em 11/11/2019 18:19

Horóscopo desta terça-feira, 12 de novembro(foto: Stan Honda/AFP; CB)
Horóscopo desta terça-feira, 12 de novembro (foto: Stan Honda/AFP; CB)

Lua cheia e vazia 

Data estelar: Lua Cheia em Touro será também Vazia das 11h48 até 4h46 desta quarta-feira, horário de Brasília

 

O Universo é um colossal sistema de distribuição infinita e infinitesimal de Vida e, em nosso caso, nossas presenças humanas regulam essa distribuição de acordo com o nível de atrevimento com que decidamos irradiar as potências cosmogónicas. No caso humano, a distribuição de Vida não é um processo automático, mas decidido. Um tipo de decisão que dá trabalho, porque na prática significa pensar menos em si e muito mais em beneficiar a tudo e a todos. Como essa não é a regra e, como na Lua Cheia o fluxo de Vida é maior do que em outros momentos, nossa humanidade enlouquece de todas as maneiras possíveis, se irritando e inclinando à violência. Quando a isso se agrega a Lua Vazia, então temos o desfile completo de distorções e atrocidades.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Agora os acordos ficam equilibrados e, por isso, dará para seguir em frente, superando a fase de tudo ter de ser conversado uma e outra vez. É o momento em que as exigências e as concessões encontram o equilíbrio.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Apesar do cenário complexo com que sua alma precisa lidar atualmente, você dará conta do recado. Por isso, retenha em seu interior todas as inseguranças que emergirem, porque essas são inúteis e contraproducentes.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

O que é bom para as pessoas com que você se relaciona, será bom para você também. Porém, no íntimo, a alma se sente um pouco injustiçada por ter de fazer concessões e, aparentemente, não ter nenhum benefício com isso.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Procure satisfazer as demandas que as pessoas fazem, sem, no entanto, sacrificar completamente o rumo que você tenta dar aos acontecimentos. Este é um momento político, que reúne demandas discordantes.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Conversas que aparentemente não teriam importância servem para você ter uma ideia melhor de tudo que está envolvido nesta parte do seu caminho. O melhor do dia, então, acontece fora do que está escrito na agenda.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Faça o que seja mais seguro, hoje não é dia de apostas ousadas, mas de seguir o caminho por onde você tiver mais certeza de que as coisas continuarão acontecendo de acordo com o previsto. Manutenção e preservação.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Coloque em marcha seus propósitos, porém, não tudo de uma vez, mas aos poucos. De pouco em pouco se faz um grande caminho, é essa a melhor orientação para seu momento. Mantenha a visão grandiosa, mas faça aos poucos.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Mantenha seus interesses verdadeiros sob uma névoa de discrição, ainda não chegou o momento de você agir com total transparência. Para garantir seus interesses, o movimento há de ser estratégico.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Mesmo que surjam inúmeras pessoas a incentivar e apoiar você, continue apostando na discrição e na contenção, porque nenhum rompante conseguiria, agora, mudar completamente o cenário. Aposte em atitudes discretas.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Algumas coisas são exequíveis, outras melhor deixar de lado sumariamente, porque só complicariam. Você tem capacidade de pensar de maneira prática, não abandone sua natureza na tentativa de apostar no impossível.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

A ambiguidade pesa nas decisões, porque sua alma precisa administrar situações contraditórias entre si e não há margem para decidir por uma ou pela outra. Essa ambiguidade trará sabedoria às suas decisões.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

Manobras complexas se tornaram necessárias e, como sempre, diante delas surge o temor de não dar conta do recado. Atravesse o temor com dignidade, tremendo visceralmente, porém, seguindo em frente com seus propósitos. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade