Diversão e Arte

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para este sábado (16)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar este sábado, 16 de novembro, de acordo com cada signo

Oscar Quiroga
postado em 16/11/2019 06:00
banner do horóscopo do dia -  (foto: Stan Honda/AFP; CB)
banner do horóscopo do dia - (foto: Stan Honda/AFP; CB)

[FOTO1]

Busca a perfeição

Data estelar: Lua míngua em Câncer

Ainda que todos te afirmem que devas abaixar tua bola e renunciar a buscar qualquer coisa parecida com a perfeição, porque essa estaria além da capacidade humana, mesmo assim tua alma continua nessa busca e promove exigências de todos os tipos. Se um ser humano não se deixar orientar pelas visões que estimulam um ardor característico no coração, o que lhe restaria? Uma existência medíocre, se acomodando no lugar comum que a alma resiste a aceitar, porque quer algo mais, algo que não está disponível de imediato, mas que as visões interiores apontam e determinam. Busca a perfeição sem nenhum tipo de pudor, não te deixes enganar por conselhos aparentemente de bom senso para que desistas dela. Buscar a perfeição resultará em te aperfeiçoares todos os dias e em melhorares os ambientes pelos quais transitas.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Volte a si, recupere o fôlego, descanse, finalize tudo que contrariar você, dentro de sua possibilidade e alcance. Neste momento, o que mais importa é que você recupere o sentido de tudo e viva o melhor possível.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Abrir-se passagem não é uma atitude exclusiva diante das adversidades. Neste momento você precisa abrir passagem no meio da adulação e das pessoas que parecem estar ao seu favor, mas que agem de forma ambígua.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Pense e aja de acordo com seus interesses, com a alma desprovida de qualquer tipo de romantismo, porque as coisas que acontecem são como são e não como a moralidade supõe que deveriam ser. Pragmatismo é a chave.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Nunca é suficiente testar a realidade dos relacionamentos para verificar quem está realmente ao seu favor e quem chuta contra seus interesses. Esse esclarecimento é muito importante neste momento de sua vida.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Quando começar a sentir uma espécie de desânimo, evite exagerar a nota, porque esse não é uma profecia, mas um convite a você tomar distância de tudo e de todos, e se dedicar a descansar, de acordo com seu desejo.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

É possível transitar pelo meio social e se divertir bastante com tudo que acontecer, porque ao mesmo tempo alguns assuntos práticos também encontrarão oportunidade de serem resolvidos. Saia de casa, evite o isolamento.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Apesar de ter começado o final de semana, muita coisa produtiva pode ser posta em marcha agora. Escolha então, ou você usa o tempo para se recuperar do estresse anterior, ou você se ergue e usa o tempo para produzir.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Está tudo muito bem entendido, porém, você não pode, ainda, sair por aí agindo abertamente sobre seu entendimento dos fatos. Prefira agir com estratégia, faça planos bem elaborados e evite quaisquer confrontos.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

O que em outros momentos seria fácil e divertido, agora custaria muito e não traria os resultados pretendidos. É hora de sossegar, mas se você não conseguir, pelo menos escolha a dedo a encrenca desejada.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Em princípio, aceite as contrariedades que as pessoas provocarem, porque podem ser úteis aos seus planos, ainda que às avessas de como você imaginaria que as coisas deveriam acontecer. É tudo muito doido.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

É muito pouco o que daria para fazer hoje, mas se você se dedicar a esse pouco com carinho e atenção, obterá resultados muito satisfatórios. Às vezes é suficiente arrumar gavetas e armários, ou tarefas domésticas.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

Sentir-se bem é fundamental, porque o bom humor ajuda muito. Porém, esse bom sentimento não há de ser encontrado no torpor da indiferença, que minimiza arbitrariamente circunstâncias que hão de ser atendidas.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação