Publicidade

Correio Braziliense

"O mundo quer saber quem mandou matar Marielle Franco?", indaga Spike Lee

Diretor americano gravou um vídeo com questionamentos após assistir 'Democracia em vertigem'


postado em 18/11/2019 18:44 / atualizado em 18/11/2019 18:45

Cineasta aproveitou para elogiar a produção brasileira (foto: JB LACROIX/CB/D.A Press)
Cineasta aproveitou para elogiar a produção brasileira (foto: JB LACROIX/CB/D.A Press)

 

O cineasta e escritor americano Spike Lee divulgou um vídeo pedindo explicações sobre o caso da vereadora Marielle Franco, assassinada em março de 2018. Na gravação, ele afirma que o mundo quer saber quem mandou matar a brasaileira. 

 

 

A gravação de Lee foi feita após a exibição do documentário Democracia em vertigem, da brasileira Petra Costa, no Museu de Arte Moderna, em Nova York. Rapidamente, as imagens tomaram conta das redes sociais.   

 

 

 

Durante a sessão, o diretor aproveitou para elogiar a produção brasileira. "Esse filme nos dá outro olhar sobre a escalada do fascismo. Não é só aqui, é global", afirmou Lee.

 

 

O crime 

A vereadora Marielle Franco foi morta a tiros em 14 de março de 2018 quando voltava de uma palestra no Rio de Janeiro. Além dela, estavam no veículo o motorista Anderson Gomes, que também morreu, e uma assessora que sofreu alguns ferimentos. 

 

Apesar do crime ter completado um ano, o motivo e o mandante do assassinato permanecem sem esclarecimentos. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade