Publicidade

Correio Braziliense

Lexa e Pitty trocam farpas nas redes sociais sobre bastidores de show

A história começou durante um evento, em São José dos Campos, no qual duas se apresentaram no último fim de semana


postado em 19/11/2019 10:44 / atualizado em 19/11/2019 10:44

Cantoras se envolveram em polêmica no fim de semana(foto: Instagram/Reprodução)
Cantoras se envolveram em polêmica no fim de semana (foto: Instagram/Reprodução)

Cansada da polêmica, Pitty desmentiu Lexa no Instagram mais uma vez neste domingo (17/11). A rockeira foi além e acusou a voz de Sapequinha de antiprofissionalismo e de falta de sororidade diante do desabafo que Pitty havia feito no palco do Inter Unesp, em São José dos Campos (SP).

“Sororidade seria ela ter vindo falar diretamente comigo, caso realmente tivesse acontecido, e não me expondo sem fundamento. Não teve machismo. [...] Cansei de ficar tentando protegê-la e passar pano para uma atitude antiprofissional”, escreveu a rockeira no Instagram, em resposta ao comentário de um seguidor.

Dessa vez, em uma outra conta na rede social, Lexa esclareceu o que, na sua avaliação, teria acontecido: 

“Não, a equipe dela não tentou fazer isso, não, tanto que, quando eu voltei pro camarim, o segurança dela estava discutindo feio com o meu, mas, como eu disse, se fosse só comigo, eu não teria falado nada. A questão toda foi que duas bombeiras que viram a situação vieram relatar o que tinham vivido pra mim imediatamente. Por isso, eu achei que tinha que falar mesmo. Elas me disseram: ‘Falaram que, quando ela passasse aqui, não era nem pra olharmos pra ela’. Por que uma moça loira do evento me pediu desculpas pelo ocorrido? Por que diversos artistas militam na TV, rádio ou no palco e são aplaudidos e, quando acontecem o retorno com eles, não é aceitável? (e, pelo amor de Deus, não foi para ela). Quero deixar muito claro que, quando eu falei no palco, eu tomei todo o cuidado do mundo, comecei elogiando a Pitty e só me referi a equipe por conta de duas mulheres que foram constrangidas. Se vocês tivessem conversado com elas, entenderiam minha posição de defendê-las. Só isso. Eu senti por outras mulheres. Eu cheguei 1 hora mais cedo no show só para assistir o show da Pitty, viemos na van cantando as músicas dela e como falei: Eu nunca, jamais feri a honra da Pitty, não teria essa coragem, só me referi a homens que precisam e devem saber se comportar com uma mulher”.

Entenda o caso


Pitty e Lexa fizeram shows no Inter Unesp, na última sexta-feira (15/11). Na ocasião, a funkeira acusou a equipe da voz de Equalize de ter desrepeitado duas bombeiras que trabalhavam nos bastidores da apresentação e ainda afirmou que um segurança de Pitty brigou com o dela.

“Sinceramente… Eram duas mulheres, bombeiras, que estavam aqui no canto e merecem respeito. Machistas não passarão! [...] Eu atendi essas duas bombeiras no meu camarim e elas me relataram isso”, desabafou Lexa, que ressaltou que a crítica foi à equipe de Pitty, não a artista, a quem começou elogiando.

Pitty passou o fim de semana respondendo fãs sobre o caso nas mídias sociais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade