Publicidade

Correio Braziliense

Moraes Moreira apresenta reverência a João Gilberto, no CCBB

O versátil Moraes Moreira apresenta pocket show no CCBB em homenagem ao inventor da bossa nova


postado em 19/11/2019 07:33

Moraes Moreira: música intercalada de histórias sobre o amigo baiano(foto: André Fofano / Divulgação)
Moraes Moreira: música intercalada de histórias sobre o amigo baiano (foto: André Fofano / Divulgação)
 
 
Os Novos Baianos já haviam lançado o LP É ferro na boneca e participado de um festival em São Paulo com a canção De vera, registrada num compacto, quando, em 1971, aportaram no Rio de Janeiro, indo morar num apartamento de quatro cômodos no bairro de Botafogo. O grupo tinha na linha de frente Moraes Moreira, Luiz Galvão, Paulinho Boca de Cantor e Baby Consuelo.

Naquele local, visto por alguns como uma comunidade hippie, receberam a visita de João Gilberto, conterrâneo de Galvão — ambos nascidos em Juazeiro (BA), de quem era amigo. Outros encontros se sucederam e foram determinantes para que os NB, predominantemente roqueiros, por influência do mentor da Bossa Nova, tivessem o interesse despertado pelo samba.

Assim, não chegou a ser surpresa o fato de o antológico Acabou Chorare, o segundo álbum dos Novos Baianos, trazer várias faixas identificadas com o mais representativo gênero musical brasileiro. Entre elas, por sugestão de João, foi incluída a regravação do clássico Brasil Pandeiro, composição do também baiano Assis Valente. O disco, décadas depois, viria a ser considerado pelos críticos, numa pesquisa promovida pela revista Rolling Stones, o melhor na história da música popular brasileira.

Essa importante simbiose musical será tema do pocket show que Moraes Moreira fará hoje (19/11, terça), às 19h30, em tenda instalada no Centro Cultural Banco do Brasil, como parte da programação do VI Festival Internacional Cinema Transcendência que, nesta edição, presta homenagem ao genial artista brasileiro, um dos pilares da Bossa Nova. Antes, às 17h, haverá a exibição do filme Onde está você: João Gilberto, do francês Georges Gachot; e posteriormente, às 21h30, do documentário Os Filhos de João — Admirável Mundo Novo, do baiano Henrique Dantas.

No show intimista de voz e violão, Moraes Moreira, o principal compositor de Os Novos Baianos, interpretará canções clássicas do Acabou Chorare. Como Besta é tu, Brasil Pandeiro, Mistério do Planeta e Preta Pretinha, intercaladas por histórias que remetem ao histórico encontro com João Gilberto, em 1971.

Cinema Transcendência prossegue até sexta-feira, oferecendo extensa programação, que inclui, além  das sessões diárias e cinema — em diferentes horários —, shows, painéis, oficinas, master class e clínicas. A mostra tem como curador o cineasta e músico André Luiz Oliveira, baiano radicado em Brasília, onde se mantém em frequente atividade. Aliás, é de autoria dele, Meteorango Kid — O Herói Intergalático, exibido durante o evento, em comemoração aos 50 anos de lançamento.



Moraes Moreira
Pocket show pelo VI Festival Internacional Cinema Transcendência hoje (19/11, terça), às 19h30, no Centro Cultural Banco do Brasil. Entrada franca. Não recomendado para menores de 16 anos.



Encontro com os novos baianos

“Alguém na comunidade/ Gritava de peito aberto/ Agora mais nada importa/ Se não a felicidade/ De ver João Gilberto/ Entrar por aquela porta.

A casa foi arrumada/ Ansiedade na espera/ Já que o mestre dava o tom/ Não tendo hora marcada/ Pra conhecer a galera/ Curtir e levar um som.

O Dadi se levantou/ No toque da campainha/ Voltou deu a notícia/ Pintou sujeira, pintou!/ Um cara todo na linha/ Que deve ser da polícia.

Ali naquele convívio/ Que suspense, alta tensão/ Alguém foi lá e checou/ Voltou com ares de alívio/ Calma gente, é o João/ E a turma comemorou.

Assim começa a primeira/ De tantas outras noitadas/ Naquele lar diferente/ Da música brasileira/ Sementes foram plantadas/ No seio daquela gente.

Versos do cordel A História  dos Novos Baianos e Outros Versos, de Moraes Moreira

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade