Publicidade

Correio Braziliense

Páris Bogéa inaugura exposição 'Labirintos da alma'

Artista plástico traz obras de toda sua trajetória na mostra


postado em 21/11/2019 13:50 / atualizado em 21/11/2019 14:53

Obra 'Labirintos da alma' estará disponível na mostra até dia 21 de janeiro(foto: Páris Bogéa/Divulgação)
Obra 'Labirintos da alma' estará disponível na mostra até dia 21 de janeiro (foto: Páris Bogéa/Divulgação)

Nesta quinta-feira (21/11), às 19h, o artista visual Páris Bogéa inaugura a exposição Labirintos da alma no Espelho d'Água da Câmara Legislativa do DF. O artista tem um estilo próprio de contar histórias, misturando o abstrato com o figurativo e o expressionismo.

 

"A exposição se chama Labirintos da Alma porque é uma especie de resumo de toda minha obra, de 2002 até hoje. É um olhar intimista da minha trajetória, dos lugares que visitei e das influências que peguei de artistas espanhóis, franceses e brasileiros", explica Páris, em entrevista ao Correio.

 

De acordo com o autor, a exposição também tem esse nome por ainda estar buscando um estilo próprio: "estou no caminho, chegar ao topo não tem graça, tenho que sempre buscar mais coisas para aprender e criar". A exposição fica em cartaz na Câmara Legislativa até dia 21 de janeiro de 2020, com visitação de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h. 

 

Serviço

Abertura da exposição Labirintos da Alma 

Espelho d'Água da Câmara Legislativa do DF (Praça do Buriti, Zona Cívico-Administrativa). Nesta quinta-feira, a partir das 19h. Exposição de artes visuais. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade