Publicidade

Correio Braziliense

Confira a programação da Mostra de Cinema Negro Adélia Sampaio

Pelo terceiro ano, a mostra traz para a cidade cineastas de todo Brasil e discute o lugar da mulher negra no cinema brasileiro


postado em 28/11/2019 16:42 / atualizado em 28/11/2019 16:42

Camila de Moraes foi premiada na II Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio na categoria melhor filme longa-metragem com 'O Caso do Homem Errado'%u2800%u2800%u2800(foto: Reprodução/Instagram)
Camila de Moraes foi premiada na II Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio na categoria melhor filme longa-metragem com 'O Caso do Homem Errado'%u2800%u2800%u2800 (foto: Reprodução/Instagram)

 
A celebração da mulher negra no cinema é o principal objetivo da Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio. O evento acontece na Universidade de Brasília (UnB) entre 2 e 6 de dezembro.

Além de filmes de cineastas negras, rodas de debate e coquetéis, a mostra está disponibilizando, para a terceira edição, oficinas gratuitas com profissionais da área. As temáticas das aulas serão Cinema Gambiarra, com Rosa Miranda, no Centro de Convivência Negra; Preparação de atores, com Glau Soares e Jaciara Rocha, na Maloca; e Oficina de Stop Motion, com Jamile Coelho, na Faculdade de Comunicação.

As inscrições estão abertas e são feitas online no link.

O projeto começou de uma disciplina idealizada pela professora da UnB Edileuza Penha de Souza e está preparando o seu terceiro ano com a presença de cineastas de todo o Brasil. A cineasta Adélia Sampaio, que dá o nome a mostra competitiva, será a convidada ilustre do evento

Confira a programação completa:

Segunda-feira, 2 de dezembro 
 
18h: Mesa de abertura
19h: Exibição do filme Rafiki de Wanuri Kahiu
20h30: Show de abertura com Nanã Mattos
21h: Coquetel 

Terça- feira, 3 de dezembro  

9h às 12h: Oficinas 
14h às 16h: Sessão 1- Ancestralidades 
Òpárá de Òsùn: Quando tudo Nasce de Pâmela Pereguino (BA) 
Nome de Batismo de Tila Chitunda (PE) 
A Sússia de Lucrécia Dias (TO)
Aurora de Everlane Moraes (Cuba)
Motriz de Tais Amordivino (BA)
16h às 17h30: Roda de Conversa - Conversando sobre cinema com Adélia Sampaio - Mediação: Marisol Kadiegi
18h30: Sessão 2 - Afronte! 
LUA de Rosa Miranda (RJ)
Alfazema de Sabrina Fidalgo (RJ)
A Rainha Nzinga de Isabel Casimira e Junia Torres Meeg (PR)

Quarta- feira, 4 de dezembro

9h às 12h: Oficinas
14h às 16h: Sessão 3 - Reaja 
Barco de Papel de Thais Scabio (SP) 
Odò Pupa, Lugar de Resistência de Carine Fiúza (PB)
Minha História é Outra de Mariana Campus (RJ)
Sem Asas de Renata Martins (SP)  
16h30 às 17h30: Roda de Conversa : Cinema negro e literatura - caminhos de encontros e afetos com Dalva Martins, Cristina Maciel e Calila das Mercês  Mediadora:  Madu Krasny 
18h30: Sessão 4 - Encontros 
Corações Encouraçados de Jamile Coelho e Cintia Maria (BA) 
Visionários da Quebrada de Ana Carolina Martins  (SP)

Quinta-feira, 5 de dezembro

9h às 12h: Oficinas 
14h às 17h: Seção 5 - Relacionar-se
A Mulher que eu Era de Karen Suzane (MG)
Mãe não Chora de Carol Rodrigues e Vaneza Oliveira (SP)
Negra Luz de Cleudes Pessoa e Priscila F. Pascoal (DF)
16h30 às 17h30: Roda de Conversa:  O cinema negro que estamos construindo 
Mariana Campos, Thais Scabio, Jamile Coelho e Manu Zilveti. Mediação: Edileuza Penha de Souza
18h30: Seção 6 - Viva a vida
Paná Panã de Cartel Adélias (RJ) 
Abraços, Aline de Manu Zilveti (RS)
As Pastoras - Vozes Femininas do Samba de Juliana Chargas (RJ)

Sexta-feira, 6 de dezembro  

18h: Abertura com o show de Contém Dendê
19h30 às 20h40: Cerimônia de encerramento
21h: Coquetel de encerramento

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade