Publicidade

Correio Braziliense

Empoderamento, ineditismo e ação vão marcar 'Aves de Rapina'

Durante passagem pelo Brasil, elenco, diretora e produtores falaram sobre o filme que estreia em fevereiro nos cinemas


postado em 06/12/2019 12:40 / atualizado em 06/12/2019 13:11

São Paulo — Após movimentar a primeira noite da Comic Con Experience (CCXP), o elenco, a diretora e os produtores de Aves de Rapina — Arlequina e sua emancipação fabulosa voltou a falar sobre o filme na manhã desta sexta-feira (6/12) durante coletiva de imprensa. A produção estreia em 6 de fevereiro de 2020 e é a grande aposta da DC no início do ano.
Elenco do filme participou de coletiva na CCXP(foto: Adriana Izel)
Elenco do filme participou de coletiva na CCXP (foto: Adriana Izel)

O filme tem direção de Cathy Yan, mas veio de uma ideia de Margot Robbie, que interpretou Arlequina pela primeira vez em Esquadrão Suicida, longa-metragem de 2016. "Me apaixonei por ela quando fiz Esquadrão Suicida. Eu não tinha lido as HQs antes, mas depois comecei a ler e me apaixonei. Acho que havia tanto para mostrar", diz. "Falamos dessa história, de adaptar a voz da Arlequina, com o mesmo ritmo das HQs", afirma a diretora Cathy Yan.

Trazer o protagonismo feminino para um universo de heróis é um objetivo da produção. "Cresci vendo filmes do Batman. É uma honra. Foi especialmente legal explorar esse outro lado de Gotham, mais colorido, e trazer essas mensagens para o cinema", completa a diretora.

"Não é só por ser (um filme) sobre mulher. É muito espetacular por ser um filme com um cunho político e social. O fato de sermos fortes e chutar bundas é a cereja do bolo", avalia a atriz Rosie Perez.

Para fazer as cenas de ação, o elenco passou por um treinamento intenso de cinco meses. "O jeito que gravamos foi para ser tudo real. Fizemos takes grandes e por muitas vezes", revela a diretora.
 
Sobre a história que será mostrada na tela, ela é totalmente original como diz Cathy Yan. Apesar de ter referências dos quadrinhos, a equipe decidiu bolar um enredo inédito: "Não é baseado em nada específico. Temos inspirações em HQs com histórias da Arlequina sozinha. Mas estamos contando uma história original".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade