Publicidade

Correio Braziliense

Lauana Prado lança primeira parte do projeto musical 'Livre'

O sertanejo aparece em várias vertentes nas cinco músicas disponíveis


postado em 06/12/2019 20:07 / atualizado em 06/12/2019 20:07

Lauana Prado realizou a gravação em São Paulo(foto: Vitor Almeirda/Universal Music)
Lauana Prado realizou a gravação em São Paulo (foto: Vitor Almeirda/Universal Music)


A cantora Lauana Prado divulgou, nas plataformas digitais, a primeira parte do novo projeto audiovisual Livre. Nele, a sertaneja explora o ritmo em todas as vertentes (modão, sofrência e universitário) e desenvolve o que chama de "trabalho mais completo da carreira". As novas músicas surgem para suceder e manter o sucesso do single Cobaia, uma das músicas mais escutadas no Brasil em 2019. 

"O DVD Livre é, com certeza, o trabalho de maior expressão na minha carreira. Tem muito da minha personalidade e essência artística. Busco conversar com o que não é comum, aquela liberdade de ser o quiser dentro da arte. Acredito que é um projeto que vai trazer esse conceito de conversar com todos os âmbitos, principalmente na parte visual e no repertório", explica Lauana. 
 
A gravação tem, ao todo, três partes. Nesta primeira, conta com cinco músicas. As duplas Matheus & Kauan (Beijo amador) e Bruno & Marrone (Suor da sua boca) fazem parte do repertório, que conta ainda com Eu tô chegando, Habilidade e Viva Voz. A sertaneja, que assinou 90% das músicas por também ser compositora, acredita que a inovação é o principal diferencial do novo álbum. "É importante ter o controle na parte musical. O álbum foi construído com músicas que não foram gravadas no DVD Verdade e encaixaram agora, músicas escritas neste ano e outras compostas duas semanas antes do DVD, pensadas para este trabalho. É muita diversidade, muita pluralidade sonora. O objetivo não é concorrer ou fazer algo igual ao de ninguém, mas sempre trazer algo diferente", pontua. 



A gravação, realizada no Hopi Hari (SP), contou ainda com a participação da banda Maneva em uma das duas outras partes que serão liberadas apenas em 2020 para o público. Segundo Lauana Prado, sobre a escolha do local, a intenção foi trazer a alegria e o colorido para dentro do projeto.
 
 
Confira a primeira parte do projeto Livre aqui
 

*Estagiário sob a supervisão de Roberta Pinheiro


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade