Publicidade

Correio Braziliense

Novo nome do rap britânico, Stormzy lança 'Heavy is the head'

Rapper fecha o ano lançando segundo álbum de estúdio


postado em 13/12/2019 17:26 / atualizado em 13/12/2019 17:26

Stormzy é considerado um dos líderes da nova geração da música britânica(foto: ANGELA WEISS/AFP)
Stormzy é considerado um dos líderes da nova geração da música britânica (foto: ANGELA WEISS/AFP)

 
O 2019 de Stormzy ficará marcado para história do hip-hop e da música. Após participação histórica no festival Glastonbury, o artista disponibilizou o segundo álbum Heavy is the head em todas as plataformas de streaming na madrugada de sexta-feira (13/12).

O álbum diz muito sobre a transformação do rapper de mais um cantor para um dos mais importantes e populares nomes da música mundial. Também apresenta os dramas de como lidar com a fama e mostra que Stormzy entende que está em uma nova fase da carreira. O disco tem participações especiais de outros artistas de renome como Ed Sheeran, H.E.R e Burna Boy.

Antecipado por quatro lançamentos de singles, o álbum tem a música final como maior sucesso até então. Vossi bop teve aproximadamente 140 milhões de visualizações no Spotify e mais 70 milhões no clipe no YouTube. Own it, que tem a participação de Ed Sheeran e Burna Boy, e Crown também foram bem nas paradas e somadas têm mais de 70 milhões de audições em plataformas de streaming.

Este ano, Stormzy se tornou segundo homem mais jovem, atrás apenas de David Bowie em 1971, e primeiro britânico negro a ser nome principal do maior festival da Inglaterra, o Glastonbury. O cantor também marcou a apresentação de 18 músicas na história ao entrar trajando uma peça do artista de identidade desconhecida Banksy, um colete a prova de bala preto com a bandeira do Reino Unido pintada de branco. 
 
Ver essa foto no Instagram

Last night I headlined Glastonbury in a stab-proof vest custom made by the greatest, most iconic living artist on planet earth, the one and only BANKSY. I opened my set with words of encouragement from my hero and ultimate inspiration and the greatest rapper to ever grace planet Earth Jay-Z. I got to sing with the most incredible and legendary man I know - Chris Martin - a man who%u2019s genius I am so in awe of that it makes me go to studio and try to emulate him. Raleigh Ritchie - one of our country%u2019s greatest musical talents thank you my brother. Dave & Fredo - I love you my brothers, UK%u2019s finest rappers, thank you from my heart for helping me light up the stage and making one of the most beautiful moments our culture has seen. Thank you to my lil brother @djtiiny theres no way in hell I could do this without you you have my back always and I%u2019m so proud of you - you are my brother in arms we go to war together I appreciate you. To Bronski, Amber, Misty, Trev, Kojo, Tim, James, Sam & my whole tour/creative/production team I appreciate you all and I%u2019m forever grateful. To my band and to my amazing choir who have worked tireless and given this their everything all whilst sounding flawless, effortless and amazing I appreciate you all very much I can%u2019t do this without you. Massive thank yous to: the W.A.R dance crew you lot are now my brothers thank you for bringing a God-sent energy that I truly needed. To Princess K - you are a superstar, the crowd went absolutely crazy for you and I%u2019m so excited to watch you take the world by storm. To Ballet Black, the grace, beauty and feeling you blessed the world with yesterday was felt in the hearts of millions. To Mac, Trizzy, Bobby, C1, Flipz my BikeStormz family I%u2019m so happy the world got to see you lots talent and skills - you just showed the world about bikelife - be very fucking proud. To Big TJ & James for getting me ready and prepared for the energy this set would need. To the whole of my #MERKY team - my family who hold me down and have my back till the end. THANK YOU GUYS, THANK YOU GOD. I am proud of myself and I feel blessed and fulfilled and purposeful. Your Glastonbury 2019 headliner, over and out. %uD83C%uDFA4%u2764%uFE0F

Uma publicação compartilhada por @ stormzy em

 
 

Perfil 

 
Stormzy, nome artístico de Michael Ebenazer Kwadjo Omari Owuo Jr., é um artista de 26 anos nascido em Croydon, município ao sul de Londres de classe média trabalhadora. Descendente de ganeses, Big Micheal, como era também chamado por conta dos 1,96m de altura, começou a cantar com 11 anos em pequenos clubes de Londres ao lado de rappers mais velhos. O primeiro lançamento foi o EP Not that deep de 2014, quando tinha apenas 21 anos.

O rapper é de uma linha exclusivamente britânica do gênero denominada grime, que mistura as rimas do rap com batidas de origem inglesa como o dubstep e UK garage. O ritmo começou a se popularizar no Reino Unido nos anos 1990 e 2000, mas recebeu o maior reconhecimento em 2018 quando Stormzy se tornou o primeiro artista do gênero a ganhar o Brit Awards, principal premiação musical do país, de melhor artista masculino e álbum do ano pelo primeiro trabalho Gang, signs & prayer de 2017. Outro artista de nome do grime é o londrino Skepta.
 
Stormzy tem turnê mundial de divulgação do novo álbum marcada para 2020, quando passará pela América do Norte, Ásia, África, Oceania e Europa. Ainda não há previsão para um show do artista no Brasil para o ano que vem. 


Heavy is the head, novo álbum do rapper Stormzy

 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade