Publicidade

Correio Braziliense

Baco Exu do Blues e Cynthia Luz são atrações do Pavilhão Luz neste sábado

Cynthia Luz traz a Brasília faixas do disco 'Efeito violeta'


postado em 14/12/2019 11:24

Cynthia Luz é um dos nomes femininos de destaque no rap(foto: Cynthia Luz/Divulgação)
Cynthia Luz é um dos nomes femininos de destaque no rap (foto: Cynthia Luz/Divulgação)
Para movimentar o período de chuvas da capital, desde 16 de novembro, o porão do Estádio Nacional Mané Garrincha é palco de uma programação eclética e animada que se estende até o fim de dezembro. O complexo realiza a primeira edição do festival Pavilhão Luz.

Partindo da ideia e do conceito de luz, o evento explora as linguagens musicais e artísticas. “Luz é arte; luz é música; luz é ressignificar”. Para compor a programação musical, o projeto tem explorado tanto atrações nacionais quanto locais, além de uma diversidade de ritmos e estilos. Neste sábado, se apresentam no Pavilhão os rappers Cynthia Luz e Baco Exu do Blues. Além dos DJs BBZÃO, Chicco Aquino, Klap, Donna e LM.

A cantora Cynthia Luz apresenta ao público da capital o álbum Efeito violeta (2019). A foto do rosto de Cynthia estampada em tons de lilás e roxo foi a imagem escolhida pela rapper para ilustrar a capa do segundo disco. Efeito violeta imerge nos sentimentos mais profundos da rapper. Perpassado por lirismo, Cynthia canta sobre o amor. “Efeito violeta representa uma etapa da minha vida, da minha carreira, um estudo meu sobre música e sobre aquilo que eu gosto, uma descoberta. Pelo o que eu tenho visto e escutado dos fãs, esse trabalho tem transformado, de certa forma, o coração duro. Acho que sempre que as pessoas escutam o disco ,se lembram do que eu falo no palco: ‘o amor é a fonte de todas as coisas’, e é o que eu acredito”, conta a rapper, em entrevista ao Correio.

Com Efeito violeta, a artista escolheu inspirar o trabalho nas relações. “Escrevo do coração, foco na minha vida, no que tem me chamado atenção. E mais que relações amorosas, são relações humanas, que é o que realmente importa, a gente aprender a respeitar e amar o próximo”, pontua.

Representando a força das mulheres no rap, Cynthia Luz é um dos nomes femininos de destaque no gênero. Com a cena predominantemente masculina, as rappers tentam transformar esse cenário. “Qualquer cena ainda é limitada para as mulheres, obviamente não por falta de capacidade da gente, mas sim por questões sociais que ainda se sobressaem, mesmo que as pessoas ajam como se nada estivesse acontecendo, e no rap não é diferente. As mulheres têm aprendido cada vez mais a passar por esses desafios diários e a fazer a parada ser realmente para todos nós”, afirma.

Vivências do homem negro

Baco Exu do Blues é um dos grandes nomes do rap nacional da atualidade(foto: Alex Takaki/Divulgação)
Baco Exu do Blues é um dos grandes nomes do rap nacional da atualidade (foto: Alex Takaki/Divulgação)
Um dos maiores nome do rap da atualidade e grande atração da noite, o baiano Baco Exu do Blues desembarca, mais uma vez, em Brasília. Com um pouco mais de um ano do lançamento do álbum Bluesman, o rapper segue colhendo os frutos do trabalho. Com Bluesman, o artista escolheu um assunto que fala com propriedade para se inspirar: a própria vida. Baco transmite pela música, as vivências do homem negro em uma sociedade racista e que reproduz estereótipos de masculinidade.

Logo na faixa inicial do trabalho, fica marcado o discurso que inspira o disco. Baco Exu do Blues explora a multiplicidade sonora e as composições. Em meio a referências do jazz e do blues, ele explora os beats do rap e as letras que enfatizam as emoções dele e as do outro lado da linha, as do ouvinte.

O projeto revelou hits, como Bluesman, faixa-título do álbum, Me desculpa Jay Z, Queima a minha pele, Flamingos e Girassóis de Van Gogh. As músicas fizeram tanto sucesso que compõem a trilha sonora da novela Amor de Mãe e da série Segunda Chamada, ambas no ar na Rede Globo.

Nos próximos fins de semana, o complexo receberá o cantor Lenine e Carnaval de Blocos; e uma roda de samba com o cantor Ferrugem. Além disso, o festival ainda garantiu uma programação às quintas-feiras que contará com uma seletiva de Blocos Imagina no Carnaval.

*Estagiária sob supervisão de Igor Silveira


Programação

Quinta Férias
19/12 às 22h - Seletiva de Blocos Imagina no Carnaval

Pavilhão Luz
14/12 às 22h- Baco Exu do Blues e Cynthia Luz
20/12 às 22h- Lenine e Carnaval de Blocos
22/12 às 22h- Roda de samba com Ferrugem


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade