Diversão e Arte

Governo exonera diretora-executiva da Fundação Casa de Rui Barbosa

Agência Estado
postado em 16/01/2020 17:14
Em mais uma mudança no setor da Cultura, o governo publicou nesta quinta-feira, 16, no Diário Oficial da União (DOU), a exoneração de Lucia Maria Velloso de Oliveira, que ocupava o cargo de diretora-executiva da Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB). A exoneração foi assinada por Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo, pasta à qual a FCRB é vinculada. A mudança acontece na sequência de outras dispensas de pesquisadores que integravam a FCRB. No último dia 8, uma quarta-feira, o governo afastou da instituição a jornalista Jöelle Rouchou, o sociólogo José Almino de Alencar, a ensaísta Flora Sussekind, o cientista político Charles Gomes e o então diretor do centro de pesquisa da fundação, Antonio Herculano Lopes. Em outubro, Letícia Dornelles, roteirista com passagens no SBT, Record TV e TV Globo, foi indicada pelo governo para a presidência da FCRB. Nesta semana, Letícia chegou a anunciar em seu Twitter a indicação do cientista político Christian Lynch para um cargo de chefia na FCRB, mas voltou atrás após uma intervenção pública do secretário Especial da Cultura, Roberto Alvim. Pelo Twitter, Alvim disse ter "desprezo" pelas "ideias execráveis" de Lynch sobre o presidente Jair Bolsonaro e anunciou que iria tornar sem efeito a nomeação. Alvim ainda disse que o fato de Lynch ser servidor concursado é um impeditivo para o afastamento. Em entrevista ao El País em outubro de 2019, Lynch havia dito que "o bolsonarismo se constrói como um PT ao contrário" e que Bolsonaro tinha uma "cota diária de paranoias e disparates".

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação