Publicidade

Correio Braziliense

Morre Terry Jones, um dos fundadores do Monty Python

Em comunicado, a família confirmou a morte do comediante


postado em 22/01/2020 16:20 / atualizado em 22/01/2020 16:21

Terry Jones é um dos fundadores do fenômeno da comédia mundial, Monty Python(foto: AFP / MAX NASH)
Terry Jones é um dos fundadores do fenômeno da comédia mundial, Monty Python (foto: AFP / MAX NASH)
Terry Jones, um dos fundadores do grupo de comédia britânico Monty Python, morreu nesta terça-feira (27/1), aos 77 anos. A família emitiu um comunicado confirmando a morte do comediante: "Estamos profundamente tristes de anunciar a morte do nosso amado marido e pai, Terry Jones".

O britânico foi diagnosticado com demência frontotemporal em 2015, doença que afeta a frente e os lados do cérebro, prejudicando a linguagem e comportamento.

 

O ator, diretor e roteirista esteve em produções como Monty Python em busca do Cálice Sagrado, Monty Python — O sentido da vida e A vida de Brian. Os trabalhos mais recentes de Jones foram na comédia Absolutamente impossível e no documentário Boom bust boom, ambos lançados em 2015.

 

Monty Python influenciou diversas gerações da comédia mundial. Programas como South Park e Casseta & Planeta são alguns exemplos de como os britânicos inspiraram o mundo. Eles também são atribuídos como os inventores do SPAM, o lixo eletrônico. Em um dos quadros do grupo, eles repetiam sem parar a palavra SPAM, um tipo de carne enlatada, o que teria dado origem a palavra que denomina a repetição de mensagens incômodas e inconvenientes. A esquete foi escrita em 1970 por Terry Jones e Michael Palin.

 

Confira a esquete de SPAM, do Monty Python:

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade