Diversão e Arte

Diretor Humberto Pedrancini cria curso on-line para ajudar atores

O curso 'O ator extraordinário' inaugura neste sábado (8/2) na Escola de Atores, projeto de Pedrancini e do produtor Jorge Luiz

Nahima Maciel
postado em 08/02/2020 06:05
 (foto: Pablo Pablo/Divulgação)
(foto: Pablo Pablo/Divulgação)
O curso 'O ator extraordinário' inaugura neste sábado (8/2) na Escola de Atores, projeto de Pedrancini e do produtor Jorge Luiz

Medo de falar em público, não saber o que fazer com as mãos e criar personagens superficiais estão entre os erros mais frequentes cometidos por atores inexperientes. São, segundo o diretor e professor Humberto Pedrancini, apenas alguns tópicos de uma lista de 25 defeitos que, com uma certa frequência, travam a boa atuação. Por isso viraram tema do curso O ator extraordinário, que inaugura neste sábado (8/2) a Escola de Atores, projeto de Pedrancini e do produtor Jorge Luiz.

Foram três meses mergulhados num processo de criação que exigiu adaptações. Acostumado a lidar diretamente com plateia e alunos, Pedrancini estranhou estar diante de uma câmera para gravar aulas. ;No começo foi meio difícil, mas agora estou me divertindo. Foi um desafio muito interessante. Estou tendo que aprender bastante. Minha atividade sempre foi com o público, que sempre estimula e dá feedback, daí você modula. Esse é diferente. Buscar a naturalidade e alcançar aquele público do outro lado têm sido meus desafios;, conta o diretor.
[BLOCKQUOTE1]

Foi o produtor Jorge Luiz quem teve primeiro a ideia de montar a escola. ;Eu e uma legião de pessoas tivemos aulas com Pedrancini. Dessas, a gente pode enumerar dezenas que deram muito certo. Em nome desse legado, pensei em como criar um mecanismo para que esse patrimônio imaterial não morresse na gente. A ideia era deixar registrado um pouco desse conhecimento vasto que é o trabalho do ator e que Pedrancini domina como poucos;, explica o produtor. ;Estamos trabalhando também para acrescentar entrevistas com especialistas e técnicos da área, cineastas, dramaturgos, atores, diretores, tudo em torno do trabalho do ator ou pessoas que se utilizam do trabalho do ator para se expressar;, diz Jorge Luiz.

Na primeira fase, a Escola de Atores terá apenas cursos on-line. O bloco inicial conta com cinco aulas liberadas semanalmente e com duração de 1h a 1h40. ;Sou eu que dou o curso, mas somos uma equipe;, avisa Pedrancini. ;Às vezes, uso atores para demonstração de exercícios.; Os defeitos que empobrecem a atuação no palco e que pautam o primeiro curso do diretor foram listados pela autora e diretora norte-americana Viola Spolim. A partir do diagnóstico, Pedrancini desenvolveu seu próprio método para lidar com o tema. ;No curso, a gente traz informações, técnicas e caminhos que o aluno pode desenvolver para eliminar esses defeitos e se transformar no que chamo de ator extraordinário;, garante.

Principais defeitos de atuação


Medo intenso do palco
; O medo de falar em público, segundo Humberto Pedrancini, é maior que o medo da morte. ;É o medo de não ser aceito, de não ser amado. Vivemos na civilização do medo, medo de ser feio, de ser bonito;, repara o diretor.


Não saber utilizar as mãos
; As mãos em garra, presas, ou sempre em movimento, arrumando a roupa, a alça do sutiã, ou ainda enfiadas no bolso: há vários vícios que podem passar despercebidos por quem os carrega mas que afetam a atuação. ;Desenvolvo exercícios para a utilização da mão e isso vai ficar orgânico, a pessoa vai fazer sem pensar;, avisa Pedrancini.


Falta de sensibilidade para caracterização de personagens
; Segundo o diretor, as pessoas costumam ter uma ideia superficial quando começam a trabalhar os personagens. ;Então um senhor de 70 anos, a maioria das pessoas vai fazer um homem torto, debilitado, com bengala, bem ao gosto de alguns programas televisivos, mas esses personagens não têm profundidade, são superficiais;, avalia Pedrancini.


Baixar os olhos
; Esse é irmão do medo intenso, porque quando o ator baixa os olhos, ele não tem compromisso, não tem o que compartilhar. É, o diretor ensina, como se o ator trouxesse tudo para o seu próprio centro sem compartilhar nada com a plateia.



O ator extraordinário

Curso da Escola de Atores, com Humberto Pedrancini. R$ 1.250 (Pode ser dividido em 10 vezes;. https://bit.ly/3bnt6mG


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação